Espiritualidade e Sociedade





Rogério Miguez


>    Impaiciente x Aborrecente

Artigos, teses e publicações

Rogério Miguez
>   Impaiciente x Aborrecente

 

 


Este "conflito" parece não ter solução.

Incontáveis textos espíritas têm sido escritos sobre a família. Dada a sua inegável importância, variados aspectos desta instituição vêm sendo analisados, comentados, explorados, visando melhor entender todas as suas nuances. Justifica-se assim, plenamente, a abordagem frequente do tema para o nosso máximo esclarecimento e conscientização da necessidade de aproveitamento das inúmeras oportunidades de crescimento oferecidas pela organização familiar. Notória lei de Deus, consagrada pelo Espiritismo, como não poderia deixar de ser, estabelece o mecanismo básico mais adequado para promover o progresso dos Espíritos. Tal foi também a preocupação de Allan Kardec, ao registrar em O Livro dos Espíritos (KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. Parte 3ª, cap. VII, q.775.)

Dentre as possíveis posições ocupadas por Espíritos no seio de uma família, considerando o sentido estrito, existem a de pais ou filhos, quando respeitadas, possibilitam também a continuação regular da espécie, atendendo a outra importante lei divina, a da reprodução.

Antes da reencarnação, geralmente, há acertos entre Espíritos, empenhando-se já do lado de lá a manter e estruturar mais uma família. Estes compromissos têm as suas raízes na lei de Ação e Reação, ou seja, nas diversas interações e vivências comuns entre estes Espíritos em outras muitas vidas, que agora determinam ajustes e resgates entre todos. Contudo, ao chegar à Terra, após mais um reingresso na carne, acontece a benção do provisório esquecimento do passado, e os familiares, mesmo reiteradamente avisados pela voz da consciência e regularmente orientados pelos seus guias espirituais, em muitos casos acabam por negligenciar seus compromissos, relaxando os cuidados devidos nos relacionamentos familiares, tornando estes últimos problemáticos a ponto de causar, quando não bem vivenciados, a ruptura total ou a quebra parcial do organismo familiar, com prejuízos claros para os componentes do grupo e para a sociedade.

Futuros pais, se obrigam a bem orientar certos Espíritos quando sob sua guarda temporariamente permanecerão encarnados, todavia, alguns se impaicientam, agindo de forma quase passional, quando não há o atendimento de suas particulares expectativas em relação à prole, esquecidos da realidade, pois, seus rebentos, de fato, não lhes pertencem, antes são filhos de Deus foram criados originalmente por Ele. Não se lembram, da mesma forma que os filhos são Espíritos independentes com extensa bagagem particular forjada em muitas vidas, sendo em alguns casos mais antigos do que os próprios genitores. Estes filhos agora detêm tendências e inclinações inatas construídas em vivências passadas, quando estiveram integrando outros agrupamentos familiares. Elaboraram gradativamente traços de personalidade a se manifestarem espontaneamente, sem terem sido incentivados ou recebido quaisquer exemplos paternos. Nem sempre, estes traços antigos de caráter são positivos, daí a necessidade imperiosa dos pais em primar pela mansidão e pela pacificação.

 

* continue a ler - texto completo disponível em pdf - clique aqui para acessar

 

 

Fonte: texto enviado pelo autor

 

 

 

Leiam de Rogério Miguez
seta dupla verde claro direita  150 anos de Ciência ao alcance do povo
seta dupla verde claro direita  Adeus às armas
seta dupla verde claro direita  Afinal, a quem pertence O livro dos espíritos?
seta dupla verde claro direita  Allan Kardec e os Banquetes Magnéticos
seta dupla verde claro direita  Anjo da Guarda, nosso amigo incondicional
seta dupla verde claro direita  O ano é novo, o Espírito não!
seta dupla verde claro direita  Ano novo, convite à renovação
seta dupla verde claro direita  Arma, para que te quero!?
seta dupla verde claro direita  O bem no limite das forças
seta dupla verde claro direita  A busca da paz e o ano novo
seta dupla verde claro direita  Caixa de vibrações: solução dos problemas?
seta dupla verde claro direita  Como conversar com o guia espiritual
seta dupla verde claro direita  Divulgação espírita na atualidade
seta dupla verde claro direita  Enquanto o Coronavírus avança, os suicídios também avançam
seta dupla verde claro direita  Esquecer é preciso
seta dupla verde claro direita  É Natal
seta dupla verde claro direita  Falando de Liberdade
seta dupla verde claro direita  A força do exemplo
seta dupla verde claro direita  Há casamento ocasional?
seta dupla verde claro direita  Há 160 anos a Inquisição tentou conter a marcha do Espiritismo
seta dupla verde claro direita  Hora de seguir o Mestre
seta dupla verde claro direita  Impaiciente x Aborrecente
seta dupla verde claro direita  Jesus, Governador da Terra
seta dupla verde claro direita  Joana Angélica de Jesus: Bicentenário de desencarnação
seta dupla verde claro direita  O joio e o trigo
seta dupla verde claro direita  Mais uma vez, o paraíso perdido
seta dupla verde claro direita  Morte: Tristeza pelos que partem, alegria pelos que retornam
seta dupla verde claro direita  A morte segundo Cairbar Schutel
seta dupla verde claro direita  Muito de nós dentro de nós
seta dupla verde claro direita  Nada mais além do que simpatizantes do Cristo
seta dupla verde claro direita  No ano novo, a vida é nova?
seta dupla verde claro direita  Ocupemo-nos com sabedoria
seta dupla verde claro direita  Pais dificultosos
seta dupla verde claro direita  A palavra na casa espírita
seta dupla verde claro direita  O papel das mesas girantes
seta dupla verde claro direita  Por autopunição ou abreviação do sofrimento, o suicídio jamais será solução

seta dupla verde claro direita  As primeiras traduções inglesas do pentateuco espírita
seta dupla verde claro direita  O Provisório Esquecimento do Passado
seta dupla verde claro direita  Qual o significado de reencarnar?
seta dupla verde claro direita  A reencarnação e a metempsicose
seta dupla verde claro direita  Salvemo-nos!
seta dupla verde claro direita  Saúde e o Ano Novo
seta dupla verde claro direita  O Século XXI chegou, e a Lei de talião, finalmente se foi!?
seta dupla verde claro direita  Sejamos como os essênios
seta dupla verde claro direita  Suicídio e o 5º Mandamento (O)
seta dupla verde claro direita  Um dia, dois Pais
seta dupla verde claro direita  Velhos desafios do Ano Novo (Os)

 

 

 



topo

 

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z 
  - Allan Kardec
   -   Special Page - Translated Titles
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual :