Espirituialidades e Sociedade


Notícias:

>    Pela primeira vez na China, "O Livro dos Espíritos", uma luz para o mundo!




 

 

21/02/2024

 


Pela primeira vez na China, "O Livro dos Espíritos", uma luz para o mundo!

 

 

 

 

 

 

Pela primeira vez na China, "O Livro dos Espíritos", uma luz para o mundo!


A China representa quase 20% da população mundial, mas até agora nenhuma obra espírita havia sido versada para o chinês. Há pouco mais de um ano teve inicio o projeto de tradução das obras de Allan Kardec, culminando com o lançamento de "O Livro dos Espíritos" na língua de Confúcio.


Aliás, o primeiro Centro Espírita no Rio de Janeiro, então capital do Império, chamava-se precisamente “Grupo Confúcio”, desde 1874, do qual foi membro fundador o Dr. Joaquim Carlos Travassos, primeiro tradutor de "O Livro dos Espíritos" para o português. Deu origem, mais tarde, à Federação Espírita Brasileira, em 1884.


O público chinês, além de gigantesco (mais de 1,4 bilhão de pessoas), representa sob vários aspectos um encaixe natural para as ideias espíritas. As tradições religiosas da China — o confucionismo, o budismo e o taoísmo — são essencialmente reencarnacionistas. Há outras coincidências muito interessantes também. Além da noção de carma, lei de ação e reação, existem várias outras similaridades. Há, por exemplo, a questão do esquecimento das vidas pretéritas, algo que, dentro da tradição chinesa, estaria a cargo da deusa Mèng Pó (??).


Some-se a isso o crescimento do Cristianismo no Oriente. Na China, especificamente, após ser virtualmente eliminado com a Revolução Cultural nos anos 60, o Cristianismo ressurgiu com grande força, contando hoje com mais adeptos do que o próprio partido comunista chinês. Em dez ou quinze anos a China provavelmente será o país com a maior população cristã do planeta. Na China, a tradição reencarnacionista aliada à emergente fé cristã faz do Espiritismo um caminho natural para muitos chineses.


A versão em chinês de O Livro dos Espíritos já pode ser encontrada em lojas virtuais como a Amazon.


Versado para o chinês (mandarim) por Wallace Gu, direto da nona edição francesa.

 

 

 

 

* * *

 

 

 

Fonte: https://www.facebook.com/sergio.thiesen.3/posts/pfbid02SfQVCRy4nnfCPRB7DjhTicMcLyfmQunpb11tGeseSRm1VL4uxUcBodpnZpxonN4Nl Notícias ... Espiritualidade e Sociedade ...:::">

 

 

 

>>>   clique aqui para acessar a página principal de Notícias

>>>   clique aqui para voltar a página inicial do site

>>>   clique para ir direto para a primeira página de Artigos, Teses e Publicações