Espiritualidade e Sociedade - Bibliografia


Vídeos


Sérgio Felipe de Oliveira

>   A Glândula Pineal

Compartilhar

Sérgio Felipe de Oliveira
>   A Glândula Pineal

 

A glândula pineal tem sido considerada - desde René Descartes (século XVII), que afirmava que nela se situava a alma humana - um órgão com funções transcendentes. Os defensores destas capacidades transcendentais deste órgão, consideram-no como uma antena. A glândula pineal tem na sua constituição cristais de apatita. Seu funcionamento depende da luminosidade que atinge seus receptores celulares na retina e que trafegam pelo SNC passando pelo núcleo supraquiasmático. Segundo esta teoria, estes cristais vibram conforme as ondas eletromagnéticas que captassem, o que explicaria a regulação do ciclo menstrual conforme as fases da lua, ou a orientação de uma andorinha em suas migrações. No ser humano, seria capaz de interagir com outras áreas do cérebro como o córtex cerebral, por exemplo, que seria capaz de decodificar essas informações. Já nos outros animais, essa interação seria menos desenvolvida. Esta teoria pretende explicar fenômenos paranormais como a clarividência, a telepatia e a mediunidade.


Novos conceitos e avanços nas pesquisas - Dr. Sérgio Felipe de Oliveira


Para assistir no Youtube: - https://youtu.be/9hwsfO9lgH4

_______

 

 

Índice:

- clique aqui para voltar para a página índice de vídeos -