Espirituialidades e Sociedade


Notícias:

>  
  20º. Aniversário do Núcleo Espírita Universitário da UERJ (NEU/UERJ)



Compartilhar
 

 

 

 

05/10/2018

 

 

20º. Aniversário do Núcleo Espírita Universitário da UERJ (NEU/UERJ)

 


 

O Núcleo Espírita Universitário da UERJ (NEU/UERJ) comemorou nesta sexta-feira, dia 28 de setembro de 2018, seus 20 anos de fundação, com palestra de Sonia Formiga sobre o tema "Porque Vale a Pena Viver" lembrando o "Setembro Amarelo" de valorização da vida e prevenção do suicídio.

Por iniciativa de André Formiga, formado na UERJ e USP, professor universitário e hoje fazendo intercambio numa universidade nos EUA, o Núcleo Espírita Universitário começou suas atividades em 22 de setembro de 1998, quando André, aluno de graduação do Curso de Química da UERJ, à época, começou a inserir no ambiente universitário da UERJ os estudos espíritas que já existiam na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) , através do pequeno grupo criado por seu pai, Luiz Carlos Formiga.

Sonia Formiga em pouco mais de 40 minutos de exposição começou por citar Nicholas James Vujicic, nascido em 4 de dezembro de 1982, sem pernas nem braços em razão de uma síndrome humana de rara ocorrência - tetra-amelia -, caracterizada por uma falha na formação embrionária, acarretando a ausência dos quatro membros, que tendo uma vida de dificuldades e provações, conseguiu superar tais dificuldades transformando-se em grande palestrante motivacional, mostrando que vale a pena viver - "O risco não é apenas uma parte da vida, é a própria vida. O lugar entre a sua zona de conforto e o seu sonho é onde a vida acontece; é a zona da alta ansiedade, mas também onde você descobre quem você é. Apesar das minhas limitações físicas, vivo como se não tivesse limites".

Sonia Formiga, citando estatísticas de suicídios que chegam a 800 mil mortes anuais em todo o mundo, avançando por diversos países, mostrou diversos sintomas que podem ajudar na prevenção, evitando que tais números continuem crescendo.

Com a participação da dupla Lis Donato (voz) e Allan Rodrigues (violão) que interpretaram a letra e música Frestas de Marielza Tiscate "Abra uma fresta, rompa o escuro busque uma fenda, vá respirar. Solte as amarras, saia do abismo, cave um túnel, queira o ar... Só não vá desistir de viver, amar, seguir. Se no silêncio do seu quarto a solidão te faz pensar que já não há razão para viver, agora não há mais saída. Eu quero ser aquela ponta de esperança cantando na escuridão e te pedindo pra tentar mais uma vez. Volte ao caminho, lá do início. Pague o preço, de recomeçar. Busque saídas, crie motivos, mãos invisíveis vão te ajudar. Só não vá desistir, de viver, amar, seguir."

Parabéns ao NEU/UERJ por mais um aniversário, desejando que este trabalho de amor e solidariedade, possa cada vez mais aumentar o número de participantes, pois a UERJ necessita urgentemente reduzir as ocorrências de suicídios em suas dependências, mostrando a todos que "vale a penar viver".

 

 

Fonte: http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/OUTUBRO/03-10-2018.htm

 

>>>   clique aqui para acessar a página principal de Notícias

>>>   clique aqui para voltar a página inicial do site

>>>   clique para ir direto para a primeira página de Artigos, Teses e Publicações