Espirituialidades e Sociedade



Notícias:

>    União e Unificação em Franca e os 70 anos da história da USE



Compartilhar
 

 

 

22/02/2017

 

por Adolfo de Mendonça Junior

 

 

A USE (União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo) está preparando o 17º Congresso Estadual de Espiritismo, que será realizado no período de 23 a 25 de junho de 201, na cidade de Atibaia, estância turística conhecida como a “terra das flores e morangos”.

O Congresso comemorará os 70 anos da USE e os 160 anos de O Livro dos Espíritos. Para a efeméride, a USE vem realizando uma série de “Rodas de Conversa”, na capital, interior e litoral. Verdadeiras Prévias do Congresso, onde membros da Comissão Organizadora e expositores convidados tem debatido temas de grande importância para o movimento espírita.

A Comissão Organizadora do Congresso é formada por membros da Diretoria da USE Estadual, membrosdo CDE (Conselho Deliberativo Estadual), USE Regional de Campinas e líderes espíritas de Atibaia. Os assuntos relacionados a ele são apreciados nas reuniões do CDE e CA (Conselho de Administração), órgãos colegiados da USE Estadual. O CDE abrange as USEs Distritais, Intermunicipais e Municipais e o CA abrange as USEs Regionais.

Da mesma maneira que o 17º Congresso Estadual de Espiritismo, vem sendo preparado com antecedência também o 1º Congresso da USE, previamente pensado e organizado. No ano de 1946, sob a liderança de Edgard Armond, houve a formação de uma Comissão Central, com a ideia de fomentar no Estado, a criação de um órgão de unificação, para unir os espíritas paulistas e unificar o movimento espírita. A Comissão Central contava com representantes da União Federativa Paulista, Sinagoga Espírita Nova Jerusalém, Federação Espírita do Estado de São Paulo e a Liga Espírita do Estado de São Paulo. Membros dessa Comissão fizeram uma série de contatos e visitas aos centros espíritas da capital, interior e litoral, com o propósito de realizar o 1º Congresso Espírita Estadual. Líderes e formadores de opinião foram convidados a disseminar o ideal de união e unificação em suas regiões.

Em Franca, Tomás Novelino, discípulo de Eurípedes Barsanulfo e fundador das Escolas Pestalozzi, foi o escolhido para a tarefa de arregimentar os espíritas da cidade e região. Dr. Novelino aceitou de imediato o convite e convocou uma reunião para o dia 27 de fevereiro de 1947, uma quinta-feira. A reunião contou com representantes de todos os centros espíritas da cidade: Centro Espírita Esperança e Fé; Liga Espírita D’Oeste; Templo Espírita Vicente de Paulo; Centro Espírita Amor e Caridade (Cidade Nova); Centro Espírita Amor e Caridade (Vila Aparecida); Grupo Espírita Luz e Amor; Centro Espírita Santos Pereira; Centro Espírita Amor e Caridade (Vila Chico Júlio); Centro Espírita José do Patrocínio; Centro Espírita Urubatão; Grupo Espírita União, Fé, Esperança e Caridade, Fundação Educandário Pestalozzi e Grêmio Espírita de Franca, entidade que já promovia reuniões e eventos de Unificação na cidade, desde 1943.
Entusiastas e representantes das sociedades espíritas deliberaram pela criação da USE-Franca e Tomás Novelino foi aclamado primeiro presidente.

A USE Estadual foi criada no ambiente do 1º Congresso Estadual de Espiritismo, no período de 1° a 5 de junho de 1947. Assim, a criação da USE foi aprovada em Franca por unanimidade três meses antes da criação da USE Estadual. Esta, por sua vez, nasceu em um Congresso e a USE/Franca em uma prévia. Portanto as prévias e congressos da USE têm importância relevante nesses 70 anos de união, trabalho e muito amor.

 

Fonte: Publicado no Suplemento USE Intermunicipal de Franca, encarte do jornal A Nova Era, edição de fevereiro de 2017, p.3.

 

>>>   clique aqui para acessar a página principal de Notícias

>>>   clique aqui para voltar a página inicial do site

>>>   clique para ir direto para a primeira página de Artigos, Teses e Publicações