Espirituialidades e Sociedade


Notícias:

>    Um projeto que merece os aplausos de todos nós - Associação Assistencial Lar Betânia


Compartilhar
 

 

 

10/11/2016

 

Um projeto que merece os aplausos de todos nós

Breve relato do que faz a Associação Assistencial Lar Betânia, em prol das crianças e adolescentes de Blumenau (SC)

por MARCEL BATAGLIA
Balneário Camboriú, SC (Brasil)


Todo mundo pode fazer a diferença, e para isso não é preciso nem mudar o mundo, pois as maiores lutas estão no dia a dia. Existem inúmeras formas de ajudar o próximo: doando sangue, cabelo, alegria, tempo ou resgatando um animal, um sonho ou uma vida inteira. Nos afazeres da nossa existência, não raro nos imaginamos surpreendidos pelo acaso, por fatos aleatórios à nossa vontade ou ação. Analisando superficialmente os acontecimentos da vida, julgamos o que nos acometeu como um fato fortuito ou até mesmo fruto do azar e falta de sorte.

O gesto de levantarmos uma bandeira para defender uma causa em que acreditamos, verdadeiramente, nos enche de vitalidade, o coração bate diferente e nos inunda com saúde.

Desde 1979 a Associação Assistencial Lar Betânia (fotos) presta atendimento a crianças e adolescentes de Blumenau (SC). A ideia de sua fundação surgiu após um desagradável incidente com duas crianças que, sozinhas em casa, faleceram em decorrência de um incêndio.

O principal objetivo da Associação é proporcionar em tempo integral atividades socioeducativas e biopsicossociais que visem ao desenvolvimento holístico e harmônico das crianças, respeitando-as em suas fases de desenvolvimento e na sua individualidade, defendendo seus direitos e propiciando-lhes um espaço onde a criança/adolescente construa seus conhecimentos e amplie suas experiências.

 

A entidade atende cerca de 300 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

A Associação Lar Betânia tem tido grande sucesso, e isso motivou a todos os envolvidos a buscar a construção de uma segunda unidade, denominada de Lar Bethel, localizada na Velha Grande.

Atualmente a entidade atende, nas duas unidades, cerca de 300 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Para isso, conta com o apoio de cerca de 45 pessoas especializadas em diferentes áreas: pedagogia, serviço social, nutricionista, educadores, cozinheiras, zeladoras, voluntários na área de odontologia, atendendo crianças na faixa etária de 0 a 6 anos com creche I, creche II e III, Pré I e II e também com um projeto na área de iniciação musical.

Todo e qualquer tipo de sofrimento sempre constitui informação da vida a respeito de algo, no indivíduo, que está necessitando de revisão, de análise, de correção. Vige no Universo a ordem, que se deriva de Deus, e toda vez que há uma agressão ao seu equilíbrio, aquele que a desencadeia sofre-lhe o inevitável efeito, que impõe reparação. Quando nos disponhamos à renovação, alterando nossa conduta emocional, muitos sofrimentos podem ser amainados ou afastados. Talvez possamos nos perguntar: Será que todos nós precisamos ter alguma causa? Não é suficiente apenas viver bem, amar, cuidar da família, respeitar o próximo?

 

O amor que semeamos também nos envolve e auxilia em nossa evolução


Para um grande número de pessoas, possivelmente sim, mas não sentimos dentro de nós uma vontade de fazer algo mais? Um vazio que, por vezes, nos desanima e não sabemos o que é? Se já somos suficientemente esclarecidos, se já conhecemos a mensagem do Cristo, se já entendemos os propósitos da vida, da encarnação, do planeta, será que não podemos fazer algo mais do que vimos fazendo? Voluntários, ao serem questionados pela redação do Momento Espírita a fim de saber se esperam receber algo em troca de tanta dedicação e empenho, a resposta vem quase sempre da mesma forma: “A recompensa é ver o outro bem, é saber que ajudamos a diminuir o sofrimento do próximo, atendendo, mesmo que um pouquinho só, suas necessidades”. Há quem diga: não espero nada, faço porque gosto, somente isso. São movidos pelo amor, pois não esperam retribuição alguma fazendo o bem pelo bem.

Nossas ações são observadas e acompanhadas por irmãos que nos inspiram a superar nossas limitações e progredir. O amor que semeamos também nos envolve e auxilia em nossa evolução.

Este é o maior e melhor pagamento. Então, quando olharmos para trás, vendo tudo o que fizemos, nos sentiremos inundar por um sentimento de paz, felizes com a forma com que vivemos e com tudo que realizamos, em nome do amor. Portanto, importemo-nos com algo, importemo-nos com nosso próximo; afinal, qual é a sua causa?

 

Nota do Autor:

Aos interessados em conhecer melhor a entidade ou que queira contribuir com seu trabalho, entre em contato pelo e-mail contato@larbetania.org.br ou pelo telefone 47 3322-2207.

 

Fonte: http://www.oconsolador.com.br/ano10/489/especial2.html

 

 

 

>>>   clique aqui para acessar a página principal de Notícias

>>>   clique aqui para voltar a página inicial do site

>>>   clique para ir direto para a primeira página de Artigos, Teses e Publicações