Espirituialidades e Sociedade


Notícias:

>    Projeto Consolador completa três anos de atividades no Hospital Regional, de Florianópolis


Compartilhar
 

 

 

21/07/2016

 

Neste mês de julho, a União Regional Espírita (14ª URE) está comemorando três anos de atividades do Projeto Consolador, realizado no Hospital Regional de São José. Mais de 2300 atendimentos foram realizados pela ação voluntária, somente em 2015.

 

O Projeto nasceu com o propósito de realizar atividades de acolhimento esclarecimento e consolo espiritual a pacientes e seus familiares e funcionários do Hospital Regional Homero de Miranda Gomes.

Suas atividades iniciaram-se no mês de julho de 2013, no centro ecumênico da instituição, com palestras e imposição de mãos. Para casos específicos, a equipe voluntária pode ministrar passes em pacientes nos leitos e na UTI, permitindo a todos os interessados o contato com a Doutrina Espírita.

A equipe que atua no projeto é formada por trabalhadores voluntários das casas espíritas da Grande Florianópolis (região de abrangência da 14ª URE), devidamente capacitados sobre a postura no meio hospitalar, conforme orientação da área de Humanização do Hospital. Dessa forma, todos recebem o conhecimento necessário para o melhor desenvolvimento das tarefas junto ao público, sobretudo no que se refere ao respeito à individualidade e às crenças religiosas de cada um.

As atividades ocorrem em quatro dias da semana, em horários variados: às segundas-feiras e sextas, das 20h15 às 21h15; às terças-feiras das 9h às 10h e quintas-feiras das 15h às 16h. Como explica a integrante da equipe gestora, Mônica Fontanella, os voluntários se revezam na exposição de temas espíritas e nos passes, oferecendo conforto àqueles que buscam conhecer o Espiritismo e receber alguma forma de amparo sobre sua situação.

Os temas das exposições doutrinárias se baseiam nos capítulos do Evangelho de Jesus à luz da doutrina espírita, permitindo aos participantes de qualquer crença religiosa receberem palavras de consolo, principalmente, nos momentos em que se deparam com dores, perdas e aflições: “Encorajamos os irmãos a lutarem com fé e resignação, enxergando a grandiosa benção que caminha ao lado dos sofrimentos que nos acompanham na vida terrena”, descreve Mônica.

Dessa forma, o Projeto Consolador segue seu curso, oportunizando a prática da caridade e do amor ao próximo, bem como aos pacientes internados, seus familiares e trabalhadores da saúde terem contato com a Doutrina Espírita. Assim, coloca-se em prática o ensinamento do Mestre Jesus, que recomendava fizéssemos aos outros o que gostaríamos que nos fizessem.


 


Fonte: http://www.noticiasespiritas.com.br/2016/JULHO/21-07-2016.htm

 

 

>>>   clique aqui para acessar a página principal de Notícias

>>>   clique aqui para voltar a página inicial do site

>>>   clique para ir direto para a primeira página de Artigos, Teses e Publicações