Espirituialidades e Sociedade



Notícias:

Simpósio Herculano Pires fecha as comemorações de seu centenário

 

 

 

09/11/2014

Para comemorar o centenário de Herculano Pires (25/9/1914 – 09/03/1979), a Fundação Maria Virgínia e J. Herculano Pires promoveu no dia 20 de setembro, no auditório da Fundação Espírita André Luiz, em São Paulo, o simpósio que encerrou as homenagens ao grande pensador, reunindo familiares, amigos e estudiosos de suas obras.

por Redação do Correio Fraterno


Cerca de 200 pessoas prestigiaram o evento, que contou com a presença de representantes do movimento espírita de São Paulo, como Neyde Schneider (USE), Pedro Nakano (CCDPE), Astrid Sayegh (IEEF), Nena e Francisco Galves (Centro Espírita União) e outros.

A programação incluiu um retrospecto das atividades que vêm ocorrendo durante o ano para lembrar o 'professor Herculano', como a ele se refere Tatiana Ferraz Filho, uma de suas netas, à frente da organização do evento.

"Em abril, a Semana Espírita de Nova York homenageou o centenário de Herculano, quando foi lançado o livro Mediumship (versão em inglês do livro Mediunidade)", lembrou Tatiana, que comunicou também o lançamento para este ano de dois novos livros: O evangelho em espírito e verdade, organizado por Célia Ribas, e No limiar do amanhã, diálogos radiofônicos de Herculano Pires, sobre os problemas fundamentais da vida e da morte, da dor e do destino, organizado pelo jornalista Altamirando Carneiro. Também será lançado pela editora Paideia, com apoio da Fundação Herculano Pires, o Curso básico de espiritismo, que enfeixa um curso do autor no Clube dos Jornalistas Espíritas.

As comemorações do centenário começaram em setembro do ano passado, com um ciclo de palestras, no Centro Espírita Cairbar Schutel, na Vila Mariana, reunindo pesquisadores e estudiosos das suas obras, somando 26 conferências, que puderam ser acompanhadas ao vivo pela internet nas noites de quarta-feira, com interação do público, através de comentários e perguntas sobre os títulos analisados. Heloísa Pires, Dora Incontri, Astrid Sayegh, Julia Nezu, Fernando Benesi, Francisco Cajazeiras, Marilia Pires de Almeida, Marco Milani, Gustavo Leopoldo Daré, Sonia Theodoro da Silva, Júlio David Alonso, Jáder dos Reis Sampaio foram alguns dos expositores participantes.

Um documentário produzido especialmente para a data foi apresentado no durante o simpósio. Um convite para o futuro, do cineasta Edson Audi, resgata as principais realizações do homem e pensador Herculano e também sua profunda ligação com a doutrina espírita. O filme conta com depoimentos de pessoas que conviveram com Herculano e que se identificaram com sua obra. Muitos deles estudiosos que evidenciam o valor do trabalho do pesquisador. "Herculano nos convida a pensar a essência do ser espiritual no seu processo evolutivo", analisa o economista Marco Milani, um dos expositores do simpósio.

"Homenagem justa a esse grande espírito que foi meu pai, mas agora um espírito de todos nós", reflete Heloísa Pires.

Durante o evento foram também lançados os livros Kardec é a razão, de Wilson Garcia (Ed. EME.) e O pensamento de Herculano Pires, de Raymundo R. Espelho (Ed. Correio Fraterno).

Saiba mais em: www.herculanopires100anos.com.br

___________

 


Nascido em Avaré, SP, o jornalista e escritor J. Herculano Pires foi um dos tradutores para o português das obras da codificação. Herculano defendia as ideias espíritas na sociedade de um modo geral e não apenas nos redutos espíritas. Desencarnou aos 64 anos, deixando cerca de 80 livros publicados. Suas obras inéditas foram publicadas aos poucos por sua esposa, Maria Virgínia. A Fundação Maria Virgínia e J. Herculano Pires, criada e mantida pelos filhos, hoje preserva a memória do casal e coordena as publicações de suas obras.



"Herculano não seria Herculano não fosse o amor e o apoio de Virgínia. E Virgínia não seria Virgínia se não caminhasse de mãos dadas com Herculano. Amamos esses espíritos acima de filiação ou biologia. Kardec é a bússola, Jesus o mestre, Herculano, como disse Emmanuel, 'o melhor metro que mediu Kardec'. Um espírito que ama profundamente o mestre de Lion." – Heloísa Pires.

 

 

 

"Herculano consegue dialogar com os pensadores de seu tempo, até ser reconhecido, em trabalhos acadêmicos inclusive, como um filósofo espírita. Está aí a prova maior de sua influência, não só no movimento espírita, mas também no pensamento filosófico da época e da sociedade." – Marco Milani

 

 

 

"Em qualquer dos dois campos de atuação – o jornalismo espírita e o profissional – Herculano trabalha sem jamais deixar sua convicção espírita. Ao contrário; vai dizer que acredita em algo consistente para motivar sua própria existência." – Wilson Garcia

 

 

 


"Se tivermos a ousadia que teve Herculano, só teremos a contribuir com o espiritismo. Defender Kardec, defender Herculano é resgatar a ideia espírita. O espiritismo tem um futuro de educação social." – Paulo Henrique de Figueiredo

 

 

 

 

Fonte:
http://www.correiofraterno.com.br/nossas-secoes/103-especial/1608-simposio-herculano-pires-fecha-as-comemoracoes-de-seu-centenario

 

>>>   clique aqui para acessar a página principal de Notícias

>>>   clique aqui para voltar a página inicial do site

>>>   clique para ir direto para a primeira página de Artigos, Teses e Publicações