Espiritualidade e Sociedade



Notícias :


Espiritismo nos Estados Unidos



27/03/2011


O professor Ademir Xavier realizou uma entrevista com Yovnne Limoges, da Sociedade Espírita da Flórida. Ela é uma importante espírita americana - não é brasileira -, que tem realizado um trabalho pioneiro e de sucesso na divulgação do Espiritismo nos Estados Unidos.


Yvonne Limoges da Sociedade Espírita da Flórida (EU)


Reproduzimos Ademir abaixo:

Yvonne contou sobre as dificuldades e a evolução do Espiritismo nos Estados Unidos e de como a atual crise está aproximando muitos americanos dos fundamentos - do jeito deles - da Doutrina. Entretanto, segundo Yvonne, nos EUA, 'Spiritism', por enquanto, é coisa de brasileiro.

Ela insiste que existiu (e existe) um movimento espírita genuinamente latino, não brasileiro, nos EUA e Caribe desde a década de 1940. Isso contradiz muitas críticas que dizem que o Espiritismo só existe no Brasil. Os Espíritas hispânicos, entretanto, tem pouco interesse em traduzir livros espíritas do espanhol para o inglês.

Recentemente conseguiu publicar um artigo sobre reencarnação no mais importante revista da NSAC (http://www.nsac.org/) que é uma espécie de 'FEB' do mov. espiritualista americano, ainda construído em torno de 'igrejas espiritualistas'. Isso foi um feito, pois, como todos sabem, reencarnação é um tese 'proibida' aos espiritualistas. Obviamente perguntei a ela (na 2a parte) se os Espiritualistas americanos não vao se arrepender um dia de não terem aceito a reencarnação antes. Segundo ela, a imensa maioria dos Espiritualistas sequer sabe quem foi Kardec, logo essa questão não tem sentido se for colocada como uma eventual comparação entre os dois movimentos.

Como no Brasil, o que está promovendo o interesse por lá pelos temas do Espírito, reencarnação, etc., é a mídia - e não os espiritualistas que seguem com suas ladainhas, mas o povo tem buscado mais os fundamentos filosóficos, razão porque as igrejas talvez façam uma 'reforma' e coloquem a reencarnação como um principio tb. Ela diz que muitos médiuns americanos estão recebendo mensagens de Espíritos falando sobre reencarnação e que eles não sabem lidar com o problema pois 'reencarnação' é tema proibido, embora maciçamente acreditado pelos americanos.

Quem fez muito sucesso por lá foi João de Abadiânia - apresentado como 'Brazilian Spiritist Medium and Healer'. Ele apareceu recentemente no programa da 'Oprah Winfrey'. Por ironia, ele não é considerado espírita no Brasil.

Na minha opinião, conseguir um diálogo com os Espiritualistas americanos é um passo importante para o desenvolvimento de um movimento genuinamente espírita e local dentro do Espiritualismo, usando os recursos desse movimento, junto ao povo americano. É preciso que o Espiritismo saiba crescer sem depender culturalmente de nenhum país.

Segue abaixo algumas frases da entrevista :

A 1a parte acaba de ser postada no blog -
http://eradoespirito.blogspot.com/2011/03/entrevista-i-12-yvonne-limoges-da.html

"Alguns dos líderes das maiores organizações espiritualistas nos Estados Unidos, a Associação das Igrejas Nacionais Espiritualistas (NSAC) tem consciência dos princípios básicos do Espiritismo. Nos últimos anos, eles publicaram vários artigos de nossos boletins espíritas, incluindo sobre reencarnação na publicação oficial 'The Summit' que é enviada a todas as igrejas e membros. Entretanto, apenas citam o autor e fornecem detalhes tais como se foi uma comunicação, não divulgam que esses artigos vieram de nossos boletins ou de nosso centro."

"Durante muitos anos, artigos sobre reencarnação eram absolutamente proibidos. Agora isso mudou e, cada vez mais membros acreditam em reencarnação. Eles ainda não a aceitaram como um princípio, mas alguns deles estão realmente lutando para que isso ocorra oficialmente. Tiveram sua conferência anual mais recente no ano passado na Flórida, ocasião em que participei. Encontrei-me com o comitê 'pro-reencarnacionista' para explicar sobre o 'Espiritismo' do que nada sabiam, além de nossos princípios."

"Um fato que tem chamado a atenção para o Brasil e para o Espiritismo foi se considerar espírita por aqui o médium João de Deus (João de Abadiânia). Houve muitas notícias sobre ele durante vários anos, tendo ele sido tema no programa da Oprah que é bastante influente por aqui. Emma Bragdon, PhD, publicou bastante coisa sobre sua obra e o que ela chama de centros espíritas de cura. Isso inspirou a muitos a viajarem ao Brasil para assistir suas curas."


- cliquem aqui e leiam a entrevista -
http://eradoespirito.blogspot.com/2011/03/entrevista-i-12-yvonne-limoges-da.html

 


>>> clique aqui para ver a lista completa de notícias

>>> clique aqui para voltar a página inicial do site

topo