Espiritualidade e Sociedade



Notícias :

>   Dom Helder Camara: O profeta da paz


04/04/2009

Amado pelo povo e odiado pela alta cúpula


Uma polêmica figura da Igreja Católica brasileira está retratada em Dom Helder Camara: O profeta da paz (Contexto, 400 pp., R$ 49,90), de Nelson Piletti e Walter Praxedes.

Chamado pela imprensa ora de “bispo vermelho” ora de “santo rebelde”, Helder Camara foi amado pelo povo e odiado pela alta cúpula dos governos militares. Por isso mesmo os julgamentos a seu respeito se polarizam. É fácil transformá-lo em figura mítica com postura rebelde, acima do bem e do mal. Em virtude de sua pregação libertadora em defesa dos mais pobres – que ultrapassou as fronteiras nacionais e continentais – e de sua atuação política e social, foi perseguido e caluniado.

A obra – resultado de intensa pesquisa, numerosas entrevistas e análise objetiva de documentação farta e inédita – não investiga apenas a trajetória de dom Helder. Ele situa o biografado na História do Brasil, estuda as relações entre militares e a Igreja brasileira e entre esta e o Vaticano.



>>> clique aqui para ver a lista completa de notícias

>>> clique aqui para voltar a página inicial do site

topo