Espirituialidades e Sociedade



Notícias :

>     Mulher russa recusa pedido de aborto e dá luz a cinco bebês


19/11/2007

Na Inglaterra, uma mulher russa decidida em suas convicções ignorou a sugestão de aborto feita por médicos e deu à luz a cinco bebês.

Num exemplo de amor à vida, a mãe não se dobrou à recomendação médica para abortar dois dos cinco fetos que trazia em seu ventre, por causa do alto risco de morte que envolve estes casos.

A professora de música de 29 anos viajou até a Inglaterra para aumentar a chance de sobrevivência dos bebês. As crianças nasceram hoje e passam bem ao lado dos pais e dos médicos que se sentem orgulhosos com a façanha.

A ocorrência de quíntuplos concebidos naturalmente é de 1 em 65 milhões. Médicos na Rússia pediram que a gestante realizasse uma "aborto seletivo", mas o casal, que tem fortes convicções religiosas, escolheu a vida.

Os pais esbanjam sorrisos ao lado das cinco meninas que estão na unidade de tratamento intensivo do hospital e devem retornar à Rússia em 4 ou 5 meses.


Uma das cinco meninas e, abaixo, os pais esbanjam
sorrisos ao lado das filhas

Reuters

 

--------------------------------------------------------------------------------

 

"Assim que é concebido, um homem é um homem" (Prof. Jerôme Lejeune, Pai da Genética Moderna).

"O aborto não é, como dizem, simplesmente um assassinato. É um roubo.. Nem pode haver roubo maior. Porque, ao malogrado nascituro, rouba-se-lhe este mundo, o céu, as estrelas, o universo, tudo. O aborto é o roubo infinito". (Mário Quintana)




>>> clique aqui para ver a lista completa de notícias

>>> clique aqui para voltar a página inicial do site

 

topo