Espirituialidades e Sociedade



Notícias :

>   Autoridades criticam legalização do aborto no Fórum Espiritual


02/11/2007

Autoridades criticam legalização do aborto no Fórum Espiritual

Evento, que reuniu cerca de 10 mil pessoas em cinco dias, foi encerrado ontem à noite, no Centro de Convenções

“A legalização do aborto, que vem sendo tentada no Brasil, é conservadora, reacionária e atende a interesses capitalistas. Sou contra essa prática, em respeito à bandeira da família e por não concordar com a manipulação que se vem revelando no País em associar o aborto clandestino como uma questão séria na saúde pública para as mulheres”.


A afirmação é da ex-senadora Heloísa Helena, ao participar, na tarde do último sábado, do quarto dia do 2º Fórum Espiritual Mundial, encerrado ontem à noite, no Centro de Convenções, em Fortaleza. Ela acusou o governo Federal de patrocinar a campanha em favor do aborto, inclusive por incentivar a realização de um plebiscito sobre o assunto.

A militante socialista e feminista participou do debate sobre “A defesa da vida e a construção da paz mundial”. Ainda na composição da mesa estavam presentes Maria do Carmo Gurgel, coordenadora do Comitê Cearense Brasil Sem Aborto; Marília de Castro, coordenadora do Movimento Nacional em Defesa da Vida; Iertes Gondim, promotora de Justiça do Ceará; e o deputado Luís Bassuma, da Frente Parlamentar em Defesa da Vida no Congresso Nacional.

Durante o debate, a Integrante da Frente Nacional Contra a Legalização do Aborto, Heloísa Helena, destacou que a interrupção voluntária da gravidez não pode ser classificada como “gravíssima”, dada a pequena quantidade de mortes decorrentes do procedimento. Para justificar a fala, a ex-senador apresentou publicação do Ministério da Saúde de 2006.

Os dados mostram que em um total de 429 mil mortes de mulheres no Brasil, somente 216 foram em função de aborto, provocado ou não. Não é sério dizer que esse é o principal problema de saúde pública”.

Já o deputado Luís Bassuma (PP-BA) chamou a atenção de que a cada ano aumenta a rejeição dos brasileiros contra essa prática, atingindo, hoje, um índice de 87%, segundo pesquisa divulgada pelo Datafolha.

 

Exposição

Paralela ao debate, foi aberta na manhã de sábado passado, no Shopping Del Paseo, a exposição em “Em Favor da Vida”, organizada pelo Comitê Cearense do Movimento em Defesa da Vida – Brasil Sem Aborto. De um lado, o módulo “Queremos vida em abundância”, apresentando dez painéis fotográficos e vídeos, que tratam especificamente do desenvolvimento embrionário.

No sentido contrário, a sessão “Quem deseja a morte?” traz documentos, imagens de impacto e o vídeo “O Grito Silencioso”, de Bernanrd Nathanson. A exposição “Em Favor da Vida” ficará em cartaz até o dia 31 de dezembro.

 

Marcus Peixoto


Del Paseo: exposição apresenta fotografias e vídeos,
abordando o desenvolvimento embrionário (Foto: Denise Mustafa)

Diário do Nordeste - Fortaleza CE - 01.11.2007
http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=482957


>>> clique aqui para ver a lista completa de notícias

>>> clique aqui para voltar a página inicial do site

 

topo