Espirituialidades e Sociedade



Notícias :

>   Por um Dia Mundial da Imprensa Espírita


10/03/2007

 

O Conselho Espírita Internacional (CEI), reunido em Paris, em outubro de 2004, por ocasião do 4º Congresso Espírita Mundial, aprovou proposta encaminhada pela Associação Brasileira de Divulgadores do Espiritismo - ABRADE e apresentada pela Federação Espírita Brasileira - FEB, no sentido da institucionalização do Dia Mundial da Imprensa Espírita.

 

A escolha da data recaiu no dia 1º de janeiro, em alusão ao dia de lançamento do primeiro periódico espírita, a Revue Spirite - Journal D’Etudes Psychologiques, de Allan Kardec, considerado o pioneiro e um dos maiores veículos de comunicação social espírita um dia ofertado à Humanidade.

É indiscutível que a chamada Imprensa Espírita constitui-se em um dos mais poderosos meios de disseminação das idéias espiritistas entre os homens, albergando todas as formas e todos os veículos de comunicação existentes e os que, daqui por diante, forem criados e/ou aperfeiçoados. Aliado ao livro espírita, que é um meio tradicional e perene da veiculação das idéias espíritas, os periódicos têm o caráter da permanência e da atualidade das informações, uma vez que as novas edições perpetuam as realizações de pessoas e instituições e acrescem saberes e valores, a cada novo artigo, reportagem ou texto doutrinário.

O maior país espírita do mundo – em extensão e abrangência, e em número de adeptos e associações – por certo possui um sem número de publicações escritas, bem como centenas de emissoras e/ou programas de rádio e de televisão, além da existência de milhares de sites com teor espírita na Web. Deste modo, milhões de pessoas – no Brasil e, pela Internet, em todos os cantos do Planeta – podem tomar ciência e contato com as informações de teor espiritual, concebidas por meio de fenômenos mediúnicos e acompanhar as manifestações que o exercício do raciocínio e da lógica dos estudiosos e especialistas espíritas produzirem nas diversificadas áreas do conhecimento humano-espiritual.

A imprensa espírita é, assim, o meio técnico-profissional autêntico e adequado para que as idéias espiritistas continuem a ser imorredouras, pelo destaque que os veículos derem ao conteúdo espírita. E, salientando o viés que a modernidade exige, a comunicação social deve tornar-se alteritária, para possibilitar o diálogo fraterno e não-excludente entre os homens de nosso tempo. Pela imprensa, assim, poder-se-á concretizar os ideais de convivência pacífica entre pessoas de diferentes convicções, na busca do entendimento e do aprendizado recíprocos.

A ABRADE, como entidade especializada em nível nacional na comunicação social espírita, espera que os espíritas colaborem com os esforços específicos de valorização do papel que a imprensa espírita possui na disseminação dos ideais de fraternidade no orbe. E, em complemento, se possível, que todos possam colaborar com projetos e iniciativas comunicacionais espíritas, principalmente cooperando nos aportes de recursos necessários a tal nobre tarefa.

Finalmente, nada mais justo, portanto, que efetivar, anualmente, comemorações deste dia, homenageando, ainda, o insigne Allan Kardec, como Patrono da Imprensa Espírita Internacional, e, em programações festivas e doutrinárias, promover esforços no sentido de fortalecer e aprimorar a chamada Imprensa Espírita.

 

ABRADE – Associação Brasileira de Divulgadores do Espiritismo

www.abrade.com.br

 

 

>>> clique aqui para ver a lista completa de notícias

>>> clique aqui para voltar a página inicial do site

 

topo