Espiritismo na Universidade



Prezados Colegas da LIHPE,

É com muita satisfação que comunico a publicação do primeiro volume da coleção Espiritismo na Universidade, que tem a LIHPE e os ENLIHPEs na sua origem.

Este primeiro número foi viabilizado com recursos da FAPEMIG (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais), editorado pela Universidade de Franca e teve a capa e a impressão realizados pela Editora EME, de Capivari, que tem sido nossa parceira nas realizações envolvendo publicações impressas.

O primeiro volume é minha tese de doutorado, intitulada Voluntários: um estudo sobre a motivação de pessoas e a cultura de uma organização do terceiro setor. Ela contém um capítulo que discute o Ethos Espírita na obra de Kardec, diversos capítulos analisando a fundação e desenvolvimento de uma creche espírita, um capítulo dedicado ao estudo de voluntários espíritas, sua motivação e sua história de vida como voluntários. Ela sairá em torno de março de 2010 e será comercializada pelo Centro de Cultura, Documentação e Pesquisa do Espiritismo – CCDPE, que recebeu 350 exemplares da edição para utilizar em seus trabalhos de conservação e fomento da cultura espírita. A Dra. Júlia Nezu, presidenta do CCDPE, já nos comunicou que utilizará recursos oriundos da venda deste livro para a edição de uma nova seleção de trabalhos apresentados no 5º. ENLIHPE. Se houver interesse no livro, peço que o façam via CCDPE, que tem uma livraria virtual, o que nos auxilia a realizar a finalidade da LIHPE.

Peço a todos que nos auxiliem a divulgar o livro. Como os recursos eram limitados, fizemos uma edição pequena (750 exemplares), mas uma reimpressão é bastante viável se houver interesse das Universidades e do Movimento Espírita.

Já existem outros dois trabalhos aprovados para a coleção, todos de membros da LIHPE. É necessário materializá-los.

Mais informações sobre a coleção pode ser obtida em
http://www.unifran.br/blog/espiritismonauniversidade/

Assim que os livros estiverem disponíveis, comunico na plenária.

Fraternalmente,

Jáder Sampaio

 

topo