Ademir L. Xavier Jr.

>  Crenças Céticas XXIII - Pequeno manual de falácias não formais com exemplos do ceticismo (2)

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Ademir L. Xavier Jr.
>   Pequeno manual de falácias não formais com exemplos do ceticismo (2)





Segunda parte da série de posts sobre falácias de relevância, com exemplos tirados do ceticismo. Nessa parte, apresentamos um tipo de falácia de relevância que é amplamente generalizada pelo amadorismo lógico. Para os links dos artigos anteriores dessa série, abaixo desse artigo há lista dos artigos com os links.

________________________________

 

Falácia de relevância: Argumentum ad Hominem

Talvez esta seja o tipo mais disseminado de falácia: a que pretende construir um contra argumento com base na desqualificação (moral ou circunstancial) de quem postula uma determinada tese (Fig. 1). De certa forma, essa falácia é oposta ao argumento da autoridade: enquanto que, com a de autoridade, uma proposição é admitida verdadeira porque é sustentada por pessoas que tem determinadas qualidades, no caso da falácia ad hominem, o argumento é invalidade porque seu propositor é desqualificado por seus defeitos. Portanto, a falácia ad homimem é sempre negativa.

Exemplos desse tipo de falácia são abundantes, mas convém primeiro distinguir os vários tipos dela conforme (1):

1. Ad hominem "ofensivo": o argumento é desqualificado com base de que quem o sustenta é acusado de algum defeito moral ou má ação, alguém indigno de confiança;

2. Ad hominem "circunstancial": um argumento deve ser rejeitado por alguém porque, quem o defende, está envolvido em circunstâncias que tornam supostamente impossível sua aceitação. O exemplo mais famoso desse tipo de falácia é a "resposta do caçador" que não aceita críticas de não vegetarianos à sua prática de caça (1). De fato, essa replica é falaciosa porque se escora numa desqualificação da pessoa.


Existem exemplos numerosos desse tipo de falácia, mas uma que nos chama atenção pode ser lida no site da "Associação Cultural Montfort'" escritas por Orlando Fedeli. O autor acusa Kardec de racismo (assim como a K. Marx e Voltaire), mas chama os espíritas (Brasileiros) de 'tupiniquins'. Em particular, salta aos olhos o envolvimento emocional (e, portanto, nada lógico) mostrado por Fedeli ao escrever isto:

Lendo os livros de Kardec, tem-se a impressão de ler textos de um aluno de ginásio que, não tendo compreendido bem a lição que recebeu, e com presunção própria aos ignorantes, escreve obras sem nexo, contraditórias e mal feitas. O resultado é uma Gnose de "basse cour", isto é, uma "gnose de galinheiro". (2)


O que podemos dizer sobre essas palavras? É com essas bases que ele pretende 'argumentar' sua tese de racismo que não passa de uma visão distorcida dos textos que caiam em suas mãos.

É no contexto dos inúmeros sites de pseudo ceticismo que encontramos, por exemplo, a crítica do blog Skeptic (3) dirigida ao prof. W. Bengston, um importante pesquisador da efetividade da imposição de mãos. Já entrevistamos o prof. Begston aqui (4), de forma que mais sobre o trabalho que ele desenvolve pode ser visto nesse post. Recentemente, o prof. Bengston sofreu um ataque cardíaco. Um cético do site Skeptics não perdeu a chance de enunciar seu 'argumento' sobre porque os trabalhos de Bengston fazem rir:

He could not even cure himself from a heart attack and he claims he has special powers?
(Ele nem mesmo pode curar a si mesmo de um ataque do coração e afirma ter poderes especiais?)

Claramente essa é uma falácia do tipo 'ad hominem', contaminada pelo fato de Bengston nunca ter afirmado possuir 'poderes especiais'.

Devemos nos precaver todas as vezes que encontramos 'provas' desse tipo, que pretendem defender pontos de vista com base em desqualificações ad hominem, que saltam aos olhos bem treinados como tentativas desesperadas (muitas emocionais) de fazer valer seus pontos de vista. O maior risco sempre será quando quem argumenta realmente acredita que uma resposta 'ad hominem' tem qualquer valor.


Referências e notas

(1) - Irving M. Copi (1978). Introdução à lógica. Editora Mestre Jou.
(2) Orlando Fedeli (n. d.). Allan Kardec, um racista brutal e grosseiro. Para críticas a esse autor ver: http://orlandofedelicontratudo.blogspot.com.br/
(3) http://www.skepticforum.com/viewtopic.php?f=16&t=20929 (Acesso, Janeiro de 2014).
(4) Ver: Entrevista II -1/2 - William Bengston e a pesquisa de curas por imposição das mãos (passes de cura)
(5) "Ele nem mesmo pode curar a si mesmo de um ataque do coração e afirma ter poderes especiais?"


Fonte
:

http://eradoespirito.blogspot.com.br/2014/01/crencas-ceticas-xxiii-pequeno-manual-de.html


topo


Visitem o blog do autor:  Era do Espírito
- http://eradoespirito.blogspot.com.br


Leiam também de Ademir Xavier:

>   Algumas Considerações Oportunas Sobre a Relação Espiritismo-Ciência

>   Anomalias possíveis na psicologia de pacientes transplantados
>   Cartas Psicografadas - Pragmática e intenção em psicografias de Chico Xavier
>   O Cérebro e a Mente (uma conexão espiritual)
>   A colaboração Schubert-Rosemary Brown
>   Como se deve entender a relação entre o Espiritismo e a Ciência - Fundamentos
>   Considerações sobre a ideias de verdade e controvérsias em torno dos ensinos dos espíritos
>   Considerações sobre as ideias de verdade e controvérsias em torno dos ensinos dos Espíritos
     - versão revisada

>   O conspiracionismo chega ao movimento espírita: a escalada de grupos dogmáticos
>   Crenças Céticas I - Introdução
>   Crenças Céticas II - Fundamentos do Ceticismo
>   Crenças Céticas III - Ceticismo dogmático
>   Crenças Céticas IV Onde está fundamentada a autoridade da Ciência?
>   Crenças Céticas V - O caso Galileu e a fraude do movimento da Terra
>   Crenças Céticas VI - Noções populares de Ciência
>   Crenças Céticas VII - A vida além da vida e a necessidade de uma nova Ciência
>   Crenças Céticas VIII - Alfred Wegener e a fraude dos continentes flutuantes
>   Crenças Céticas IX - Como refutar qualquer coisa que você não gostar
>   Crenças Céticas X - Positivismo lógico e indutivismo: as duas bases do ceticismo dogmático
>   Crenças Céticas XI - A avestruz cética e o peru indutivista
>   Crenças Céticas XII - Tomando carona no ceticismo: Críticas ao 'Espiritismo' em Ateus.net
>   Crenças Céticas XIII: 'O Porvir e o Nada'
>   Crenças Céticas XIV - "Afirmações extraordinárias requerem evidências extraordinárias."
>   Crenças Céticas XV - Máquinas que pensam ?
>   Crenças Céticas XVI - O ceticismo dogmático como charlatanismo intelectual
>   Crenças Céticas XVII - Teoria das evidências fotográficas e de outros tipos
>   Crenças Céticas XVIII - O que o ceticismo dogmático produz de útil?
>   Crenças Céticas XIX - Como refutar qualquer coisa
>   Crenças Céticas XX - Como refutar qualquer coisa
>   Crenças Céticas XXI: Será que o homem pousou na Lua?
>   Crenças Céticas XXII - Pequeno manual de falácias não formais com exemplos do ceticismo (1)
>   Crenças Céticas XXIII - Pequeno manual de falácias não formais com exemplos do ceticismo (2)
>   Crenças Céticas XXIV - Pequeno manual de falácias não formais com exemplos do ceticismo (3)
>   Crenças Céticas XXV - Comentários à argumentação cética de um grande estudo em NDE
>   Crenças Céticas XXVI - Pequeno manual de falácias não formais com exemplos do ceticismo (4)  
>   Crenças Céticas XXVII - A Navalha de Ockham (e comentários sobre super-psi)
>   Descrição da morte (por A. Jackson Davis)
>   Descrição de um acidente aéreo por um espírito
>   A Doutrina Espírita e as chamadas Ciências Ordinárias
>   As duas opções (por Michael Prescott)
>   Fenomenologia das Visões do Leito de Morte: em direção a um consenso sobre a sobrevivência da alma
>   Fogo Selvagem, Alma Domada
>   Gêmeos que se lembram de vidas anteriores
>   A informação na Estruturação Inteligente do Universo
>   Os vivos e os mortos na sociedade medieval
>   Mais sobre super-psi
>   A mediunidade de Eugênia von der Leyen
>   A mediunidade de Fernando Ben
>   Mediumship and art: Psychic Painting
>   Mediumship and art: Florêncio Anton psychic paintings
>   Mudança de personalidades em transplantados cardíacos
>   A natureza do argumento espírita
>   On possible changes in the air state during TK: a theoretical framework for future investigations
>   Paisagem de Marte (sobre a visita a Marte em "Cartas de uma Morta")
>   Paradigmas e Ciência Espírita
>   O prisma de James: uma metáfora para entender a fonte verdadeira da consciência humana
>   O problema da interpretação das mensagens espíritas: as paisagens de Marte por M. J. de Deus na psicografia de F. C. Xavier
>   Problemas metodológicos na pesquisa da reencarnação: o caso Ruprecht Schulz
>   O Que a Genética e a Astrologia tem em Comum?
>   A questão da encarnação em diferentes mundos: um novo tipo de matéria?
>   Reflexões sobre o contexto de experiências de quase-morte: artigo de Michael Nahm (2011)
>   Ritos e Doutrina Espírita
>   S. José de Cupertino e a mediunidade de efeitos físicos
>   Sobre a faculdade de cura (mediunidade curadora)
>   Sobre a faculdade de cura - II - Modelo simplificado para a relação espírito-corpo
>   Sobre a mente inconsciente e sua perspectiva espírita
>   Sobre a política na gerência e a gerência na política
>   Sobre teorias fenomenológicas e construtivas
>   SRT - Tese do Dr. Palmer sobre desobsessão baseado no trabalho de Frederic William Henry Myers
>   Uma interpretação espírita para o inconsciente
>   Uma tradução comentada de "Como a Parapsicologia poderia se tornar uma ciência" de P. Churchland
>   Vendo o invisível
>   William Bengston e a pesquisa de curas por imposição das mãos (passes de cura)

Ademir Xavier & Alexandre Fontes da Fonseca - Carlos Iglesia - moderador
>   Um diálogo fraterno sobre Ciência & Espiritismo


topo

 

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O
- P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - Allan Kardec
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual