Espiritualidade e Sociedade



Jáder Sampaio

>    Espiritismo: crença compartilhada ou doutrina filosófica?

Artigos, teses e publicações   

Compartilhar
Jáder Sampaio
>    Espiritismo: crença compartilhada ou doutrina filosófica?




Há uma diferença entre crenças compartilhadas e doutrinas filosóficas. As primeiras se baseiam em um corpo de ideias, racionais ou não, com ou sem base empírica, propostas ou mantidas por pessoas consideradas autoridades por um grupo. Um exemplo famoso de crença compartilhada é o “senso comum” ou conhecimento popular, que é um conjunto de crenças aprendidas em sociedade que são passadas entre gerações e aceitas pelos membros dos grupos sociais.

Recordo-me das famílias que atendíamos no Lar Espírita Esperança, e com as quais conversávamos sobre noções de puericultura. Muitas mães, oriundas “da roça”, aprenderam em suas comunidades que se deve tratar do umbigo do recém-nascido com teias de aranha, fumo de rolo ou outras substâncias, que a medicina mostra trazerem riscos de saúde para o neonato, infecções ou outros problemas. Indicávamos o uso de álcool, com base na autoridade médica, mas muitas mães recusavam, dizendo que demorava muito para cair o umbigo.

Nas nossas cabeças, tratava-se de uma disputa de autoridades. Quem deveria ser considerado? Muitas mães achavam que suas mães, avós, vizinhas e outras pessoas “experientes” sabiam o que fazer. Nós acreditávamos na medicina, porque os médicos baseiam suas práticas em conhecimentos verificados, registrados e comparados, com uma casuística muito maior que a do conhecimento popular. Entre nós e elas havia apenas uma disputa de autoridades, mas espera-se do conhecimento médico uma decisão se possível consensual, com base em estudos, observações e comparações estatísticas.

Quando pensamos no Espiritismo, vemos um corpo imenso de proposições, a partir dos estudos de Allan Kardec. Que proposições devemos aceitar como espíritas? O próprio Kardec nos ensinou que muitas delas partiram de observações, outras de raciocínios filosóficos, outras de consenso entre espíritos considerados superiores, que se comunicavam por médiuns diferentes. Mais à frente, quando publicava a Revista Espírita, Kardec dá mostras de levar em consideração a análise e a crítica oriunda dos diversos grupos e leitores do periódico.

Como avança o pensamento espírita? Deveria ser da mesma forma. Novas proposições deveriam ser analisadas racionalmente, as observações que fundamentam essas proposições deveriam ser explicitadas e compartilhadas. Com certeza, a reputação dos médiuns é importante, sua participação voluntária (sem qualquer contrapartida econômica) no trabalho mediúnico também, mas sua reputação em si não deveria assegurar a veracidade ou não da sua produção mediúnica.

Qualquer médium é capaz de ser enganado por espíritos, de substituir as ideias de espíritos comunicantes por suas próprias ideias (sem o perceber), de não entender direito o que lhes é intuído e registrar algo originalmente certo de forma equivocada. Os médiuns são pessoas, então mesmo que tenham seu compromisso com a reforma íntima, têm seus sentimentos, suas vaidades, seu orgulho pessoal, e suas emoções podem muito bem interferir em questões que deveriam ser solucionadas de forma racional, como todos nós o fazemos em nossas vidas.

Quanto maior o respeito que tenhamos a um médium, cabe a um estudioso espírita perguntar-se sempre qual é o fundamento do que se afirma em nome do espiritismo. A assertiva respeita a razão? A proposição entra em contradição com o corpo doutrinário? Nesse caso, o que justificaria uma mudança de posição até então adotada? Que argumentos foram construídos? A interpretação do que diz o Espírito está correta? Onde mais encontramos ideias de mesmo teor? Há alguma base na observação ou experimentação científicos?

Alguns espíritas e algumas casas espíritas, contudo, não avançam em nível de análise. Escolhem autores e expositores e aceitam em bloco tudo o que afirmam em nome do espiritismo. Têm uma noção superficial do sentido dos conceitos, não fazem análise racional do que dizem, não consideram importante verificar a origem das teorias que esposam. Afirmam que o espiritismo é também uma filosofia, mas desconhecem o que é filosofia. Quando são questionados, geralmente respondem algo que se resume na expressão latina: magister dixit, ou seja, “o professor disse”. Outra expressão latina também ilustra bem essa forma de trabalhar: “Roma locuta, causa finita” ou seja, “Se Roma falou, a causa está encerrada.” É uma forma de pensar composta de dogmas, ideias indiscutíveis, mesmo que pensem o contrário.

O professor, ou Roma, pode ser um expositor famoso, um médium prestigiado, um dirigente de casa espírita, ou um “guia espiritual”. Todos os cuidados com o conhecimento propostos pelo velho Kardec são esquecidos, e o que passa a valer é uma espécie de referendo grupal das opiniões. O membro da casa espírita passa a se preocupar mais com a conformidade ou não de uma ideia com as dos demais membros que com sua realidade ou coerência. É algo como: creio porque todos creem nisso também. A crença coletiva passa a ser mais importante que a verdade, a razão e até mesmo o bom senso.

Pensemos nisso. Estudar o espiritismo é algo que exige da pessoa interessada mais que a compreensão e a fé; exige compromisso com a razão e com a busca da verdade.

 

 

Fonte: https://espiritismocomentado.blogspot.com/2019/05/espiritismo-crenca-compartilhada-ou.html

 




topo

 

 

Visitem o blog de Jáder Sampaio:

>   Espiritismo Comentado - http://espiritismocomentado.blogspot.com.br

Leiam outros textos de Jáder Sampaio:

>  Ação social espírita no século XXI
>  Allan Kardec e o Islamismo
>  Allan Kardec e os diferentes espíritas
>  Alma, Espíritos e espírito: qual a diferença para Allan Kardec?
>  André Luiz : Cruz ou Chagas
>  O Apocalipse Gnóstico de Paulo de Tarso e a Reencarnação
>  Astrid Sayegh - entrevista por Jáder Sampaio
>  Boicote na Casa Espírita
>  Caçadores de Bruxas
>  Carlos Imbassahy e a jovem médium Aurora
>  As Cartas Psicografadas de Chico Xavier
>  Carlos Alvarado escreve sobre possibilidades de estudos de transe mediúnico
>  A Casa de Chico Xavier
>  Chico Xavier e Roberto Muskat
>  A Ciência como empreendimento coletivo
>  Cientista norte-americana escreve sobre passes e desobssessão no Brasil
>  Com o Chico no cinema
>  Como foi e vem sendo construído o Movimento Espírita no Estado de São Paulo?
>  Como foi Escrito “O Livro dos Espíritos”?
>  Como foi fundada a Federação Espírita Brasileira?
>  A Comunicabilidade dos Espíritos é uma premissa metafísica no Espiritismo?
>  A Construção da Psicologia Espírita
>  Convênios de Creches Espíritas com o Poder Público
>  A Criptestesia de Charles Richet e a Hipnose
>  Delanne : pesquisador de Espiritismo
>  Deolindo Amorim conhece Carlos Imbassahy
>  Devem os Centros Espíritas Manter Creches?
>  Os dois conceitos de natureza em Allan Kardec
>  Educação Espírita da Criança
>  Encontrando Jesus a partir da análise dos Evangelhos
>  O Espiritismo na Áustria
>  Espiritismo: Ciência Natural ou Filosofia?
>  Espiritismo: crença compartilhada ou doutrina filosófica?
>  Espiritismo na Universidade?
>  Espiritismo ou espiritismo?
>  Estudo sem Conteúdo
>  Estupro de menor e aborto - que pensar?
>  Éthos, Sincretismo e Identidade do Espiritismo Brasileiro
>  Flammarion : um astrônomo diante do mundo dos Espíritos
>  O Gênio céltico : traduzida a obra mais polêmica de Léon Denis
>  Grupo da Fraternidade Irmã Ló
>  Há milagres
>  Há um século e meio - Viagem espírita de 1862
>  A Humildade de Deolindo Amorim
>  A Importância do vínculo psicológico na evangelização de crianças de comunidades
>  O Insight de Allan Kardec
>  As Irmãs Fox, Conan Doyle e o Espiritismo Brasileiro
>  Isolamento de Grupos nos Centro Espírita
>  Judeus e Helenistas no Cristianismo Nascente em Jerusalém
>  Kardec, a Alma do mundo e o Panteísmo
>  Lammenais, a Religião e Allan Kardec
>  Letargia e Catalepsia
>  A LIHPE, a Universidade e o Movimento Espírita
>  Livros, tablets, downloads e pirataria: uma conversa necessária e cultura em uma organização do terceiro setor
>  O Médium de Jerônimo de Praga estudou o Cristianismo
>  Mediunidade : pesquisa e história
>  Mediunidade Intuitiva
>  Meu filho deve ir para a Mocidade antes do tempo?
>  Museu Histórico, Museus Espíritas
>  Nos Bastidores da Obsessão e "O Céu e o Inferno"
>  Orígenes, Reencarnacionista Cristão?
>  A Páscoa e os espíritas
>  Pedro, Tu me Amas?
>  A Pesquisa Qualitativa Entre a Fenomenologia e o Empirismo-Formal
>  Pesquisadores norte-americanos estudam médiuns - Julie Beischel (PhD) e Gary Schawrtz (PhD) publicaram na revista Explore, os resultados de uma pesquisa com médiuns de base experimental
>  Por que acreditamos em reencarnação?
>  A Prática de Aborto afeta a saúde mental da mulher?
>  Prece diminui enxaqueca?
>  O Problema da Territorialização das Sociedades Espíritas
>  Os Profetas entre os Judeus, os Cristãos e os Espíritas
>  Proposta de Associações Municipais de Creches Espíritas
>  Provação, Prova, Expiação e Missão
>  Qual a diferença entre Medicina Alternativa e Medicina Complementar?
>  O que é Medianímico?
>  O que é a Terceira Parte da nossa reunião mediúnica
>  O que um Papel Kraft tem a ver com Deus?
>  Quem é O Sal da Terra?
>  Quem é o próximo?
>  Quem foi Alfred Russel Wallace?
>  "Quem foi Jesus" é encenado em Belo Horizonte
>  A Religião e a Modernidade
>  Religião pode ser boa para a saúde mental?
>  Resenha do livro O Espiritismo, uma nova filosofia, de Maurice Lachâtre: entre Kardec, o anarquismo e o socialismo do século XIX
>  Sensações dos Médiuns
>  Schemata
>  Sobre o conceito de Espírito
>  Sofrimento e mecanismos de defesa de voluntários
>  O Solstício e o Natal
>  Tertuliano e os Cristãos do Segundo Século
>  Trabalhadores, Frequentadores ou Assistidos?
>  Trajetória da "Sociedade Anônima" segundo Simoni Privato - Século XIX
>  Tratamento "Espiritual" em mulheres com Artrite reumatoite na Dinamarca
>  Tratamento Espiritual (Healing) beneficia pacientes com sintomas crônicos?
>  Tratamentos semelhantes ao Passe e à Prece: Palavras que permitem acessar pesquisas científicas
>  Três Diferentes Tipos de Pesquisas sobre a Mediunidade
>  Um estudo compreensivo sobre a psicografia
>  Um Novo Velho Grande Livro : "Mesopotâmia: luz na noite do tempo", do Espírito Josepho
>  Uma análise de 91 estudos de diferentes formas de tratamentos espirituais
>  Uma dissertação de Mestrado sobre a Epístola de Paulo aos Coríntios
>  Uma História de Amélie Gabrielle Boudet
>  Uma pesquisa contemporânea sobre mesas girantes
>  União Espírita Mineira publica cobertura completa do 14º ENLHIPE
>  Vamos?
>  Vidência e Clarividência : uma revisão dos conceitos na literatura espírita, metapsíquica e parapsicológica
>  Voluntários: um estudo sobre a motivação de pessoas e cultura em uma organização do terceiro setor
>  Yvonne e o Ambiente Metaetérico
>  Yvonne , as Irmãs de Sion e os detalhes de suas narrativas

 

Vejam também:

Alina Gomide Vasconcelos; Jáder dos Reis Sampaio; Elizabeth Nascimento
>  PMK: Medidas válidas para a predição do desempenho no trabalho?


>   voltar para a página inicial


 



topo