Espiritualidade e Sociedade



Alexander Moreira de Almeida; Giancarlo Lucchetti

>      Panorama das pesquisas em ciência, saúde e espiritualidade

Artigos, teses e publicações

Compartilhar
Alexander Moreira de Almeida; Giancarlo Lucchetti
>      Panorama das pesquisas em ciência, saúde e espiritualidade

 

Alexander Moreira-Almeida - Professor associado de psiquiatria e diretor do Núcleo de Pesquisas em Espiritualidade e Saúde (Nupes) da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Coordenador das Seções de Espiritualidade e Psiquiatria da Associação Mundial de Psiquiatria e da Associação Brasileira de Psiquiatria.
Giancarlo Lucchetti - Professor adjunto de geriatria e co-diretor do Nupes da Faculdade de Medicina da UFJF


- texto completo em pdf - clique aqui para acessar -

 

(início do texto)

 

As relações conflituosas ou amistosas entre religião/espiritualidade (R/E) e ciência têm sido uma área de crescente interesse acadêmico e do público em geral. Frequentemente é reafirmado que R/E e ciência/razão são, necessariamente, incompatíveis, estando em um eterno e inevitável conflito. Muitas vezes também se assume ser impossível uma investigação científica da R/E. Ao longo do século XX foi muitas vezes predito que a R/E desapareceria com o avanço da ciência e da razão. No entanto, essas crenças têm sido questionadas por uma ampla gama de bons estudos recentes no tema (1). Investigações populacionais pelo mundo mostram que a R/E se modificou, mas permanece sendo importante para a maioria da humanidade. No Brasil, 95% dos brasileiros declaram ter religião, 83% consideram religião muito importante para suas vidas e 37% frequentam um serviço religioso pelo menos uma vez por semana (2). Ao contrário do que se imagina, o nível educacional, a renda e a raça não se associam de modo independente a indicadores de religiosidade. Em linha com o sincretismo brasileiro, 10% frequentam mais de uma religião (2).

Estudos históricos recentes de alta qualidade que investigaram fontes primárias têm mostrado, de modo convincente, que a ideia de um perene e inevitável conflito entre ciência e religião foi um mito histórico criado no final do século XIX. As relações entre R/E e ciência são muito mais complexas, interessantes e frequentemente positivas do que muitas vezes se assume. Entre os "fatos" que se mostraram mitos históricos estão: a Idade Média como uma período das trevas em que se proibia a dissecção de cadáveres por razões religiosas e se acreditava que a Terra era plana, que Giordano Bruno foi morto por suas crenças científicas e que a revolução científica foi uma reação científica materialista antirreligiosa. Ao longo da história, pelo menos desde a Grécia antiga, a exploração filosófica e científica tem se mostrado intricada de modo complexo com a R/E. Essas relações foram por vezes tensas, mas foram sobretudo neutras ou harmônicas, havendo apoio e estímulo a pesquisas por parte das crenças e instituições religiosas (1; 3). Por exemplo a ampla maioria dos fundadores da ciência moderna (p.ex.: Bacon, Descartes, Galileu, Kepler Newton, Boyle) eram não apenas religiosos, como tinham motivações religiosas para promover a revolução científica e conduzirem suas pesquisas. Viam o estudo científico da natureza como uma via privilegiada para conhecer "a sabedoria e inteligência do criador" (4). Dentro de uma visão histórica mais ampla, a predominância da postura de conflito entre R/E e ciência parecer ser uma exceção histórica de um período, que vai do final do século XIX ao final do XX, em que houve um grande crescimento de investigações nessa área, que serão abordadas mais profundamente na seção seguinte.

Nesse contexto, a conceituação de religião e espiritualidade é de grande importância para essas pesquisas, proporcionando constantes debates. Para este artigo adotaremos as seguintes definições (5; 6): espiritualidade: relação com o sagrado, o transcendente (Deus, poder superior, realidade última). Referente ao domínio do espírito, à dimensão não material ou extrafísica da existência (Deus ou deuses, almas, anjos, demônios); religião: sistema organizado de crenças e práticas desenvolvidos para facilitar a proximidade com o transcendente. É o aspecto institucional da espiritualidade. Religiões são instituições organizadas em torno da ideia de espírito.

Nos estudos em R/E e saúde, são investigadas diversas dimensões. Em relação à espiritualidade pode-se avaliar o bem-estar religioso, estado de espiritualidade, experiências espirituais diárias, necessidades espirituais, dentre outros. Já as dimensões de religiosidade mais comumente investigadas e habitualmente associadas a melhores indicadores de saúde são (7; 8): a) organizacional: frequência a serviços religiosos públicos como missas e cultos; b) privada: práticas privadas como orações e leituras religiosas; c) coping religioso: estratégias R/E utilizadas por uma pessoa para se adaptar a circunstâncias adversas ou estressantes de vida. O coping pode ser positivo ou negativo, conforme estiver associado a indicadores de melhor ou de pior saúde. Diversos estudos mostram que o coping religioso positivo é usado bem mais frequentemente que o negativo; d) orientação religiosa: pode ser intrínseca, onde as pessoas têm na religião seu bem maior, outras necessidades são vistas como de menor importância e colocadas em harmonia com sua crença religiosa. A orientação intrínseca está habitualmente associada à personalidade e estado mental saudáveis. Ou pode ser extrínseca, onde a religião é um meio utilizado para obter outros fins ou interesses, para obter segurança e consolo, sociabilidade e distração, status e auto-absolvição. Nesse caso, abraçar uma crença é uma forma de apoio ou obtenção de necessidades imediatas ou mais primárias. Como afirmou Gordon Alport, psicólogo de Harvard que criou essas categorias, enquanto na religiosidade intrínseca o indivíduo busca servir a Deus, na extrínseca ele busca ser servido por Ele (9).

PESQUISAS E CENÁRIO MUNDIAL EM SAÚDE E ESPIRITUALIDADE

- texto completo em pdf - clique aqui para acessar -

 


topo

 

Vejam outros artigos com autoria ou co-autoria de Alexander Moreira-Almeida

-> Algumas Reflexões sobre as Implicações das Experiências Espirituais para a Relação Mente-Corpo
-> Allan Kardec and the Development of a Research Program in Psychic Experiences
-> Entrevista sobre a sua tese de doutorado sobre médiuns espíritas
-> Espiritualidade & Saúde Mental: O desafio de reconhecer e integrar a espiritualidade no cuidado com nossos pacientes
-> É possível estudar cientificamente a sobrevivência após a morte?
-> Explorando a relação mente-cérebro: reflexões e diretrizes
-> Fenomenologia das experiências mediúnicas, perfil e psicopatologia de Médiuns Espíritas
-> Implicações dos estudos brasileiros em psiquiatria e espiritualidade
-> Mitos históricos sobre a relação entre ciência e religião
-> Pesquisa em mediunidade e relação mente-cérebro: revisão das evidências
-> Suicídio Assistido, Eutanásia e Cuidados Paliativos

Moreira-Almeida Alexander, & Almeida, T.M. de, Gollner, A.M.
-> Cirurgia Espiritual: uma investigação

Moreira-Almeida, Alexander & Alminhana, Letícia Oliveira

-> Personalidade e religiosidade/espiritualidade (R/E)

Moreira-Almeida, Alexander & Cardeña, Etzel
-> Diagnóstico diferencial entre experiências espirituais e psicóticas não patológicas e transtornos mentais: uma contribuição de estudos latino-americanos para o CID-11

Moreira-Almeida, Alexander & Chibeni, Silvio Seno
-> Investigando o desconhecido: filosofia da ciência e investigação de fenômenos “anômalos” na psiquiatria

Moreira-Almeida, Alexander & Koenig, Harold G.
-> Religiousness and Spirituality in Fibromyalgia and Chronic Pain Patients

Moreira-Almeida, Alexander & Koenig, Harold G. & Giancarlo Lucchetti
-> Clinical implications of spirituality to mental health: review of evidence and practical guidelines

Moreira-Almeida, Alexander & Lotufo Neto, Francisco
-> Diretrizes metodológicas para investigar estados alterados de consciência e experiências anômalas
-> A mediunidade vista por alguns pioneiros da área mental
-> Religião e Comportamento Suicida
-> Spiritist Views of Mental Disorders in Brazill
-> Visão Espírita dos Transtornos Mentais

Moreira-Almeida, Alexander & Lucchetti, Giancarlo
-> Panorama das pesquisas em ciência, saúde e espiritualidade

Moreira-Almeida, Alexander & Lotufo Neto, Francisco & Cardenã, Etzel
-> Comparison of Brazilian Spiritist Mediumship and Dissociative Identity Disorder

Moreira-Almeida, Alexander & Almeida, Tatiana Moreira de & Gollner, Angela Maria & Krippner, Stanley
-> A Study of the Mediumistic Surgery of John of God

Moreira-Almeida, Alexander & Menezes Júnior, Adair de
-> O diagnóstico diferencial entre experiências espirituais e transtornos mentais de conteúdo religioso
-> Religion, Spirituality, and Psychosis

Moreira-Almeida, Alexander & Menezes Júnior, Adair de & Alminhana, Letícia
-> Perfil sociodemográfico e de experiências anômalas em indivíduos com vivências psicóticas e dissociativas em grupos religiosos

Moreira-Almeida, Alexander & Netto, Sueli Mendonça
-> Metodologia de Pesquisa para Estudos em Espiritualidade e Saúde

Moreira-Almeida, Alexander & Peres, Julio F. Prieto & Caixeta, Leonardo & Leao, Frederico & Newberg, Andrew
-> Neuroimaging during Trance State: A Contribution to the Study of Dissociation
(Pesquisa observa atividade cerebral de médiuns durante psicografia - em inglês)

-> Neuroimagem durante estado de transe: uma contribuição ao estudo da dissociação

Moreira-Almeida, Alexander & Peres, Julio F. Prieto & Caixeta, Leonardo & Krippner, Stanley & Wickramasekera II, Ian & Hageman, Joan J.
-> The Neurobiology of Trance and Mediumship in Brazil

Moreira-Almeida, Alexander & Peres, Julio F. Prieto & Nasello, Antonia Gladys & Koenig, Harold G

-> Spirituality and Resilience in Trauma Victims

Moreira-Almeida, Alexander; Pimentel, Marcelo Gulão; Alberto, Klaus Chaves
->  As investigações dos fenômenos psíquicos/espirituais no século XIX: sonambulismo e espiritualismo, 1811-1860

Moreira-Almeida, Alexander & Pinsky, Ilana & Zaleski, Marcos & Laranjeira, Ronaldo
> Envolvimento religioso e fatores sociodemográficos: resultados de um levantamento nacional no Brasil

Moreira-Almeida, Alexander & Silva, Antonio Geraldo da
> Tristeza ou depressão?

Moreira-Almeida, Alexander & Stroppa, André
-> Espiritualidade & Saúde Mental: Importância e impacto da espiritualidade na saúde mental
-> Religiosidade e espiritualidade no transtorno bipolar do humor
-> Religiosidade e Saúde

Moreira-Almeida, Alexander & Tostes Janaína Siqueira R. Martins & Pinto, Alexandre de Rezende
-> Religiosidade / Espiritualidade na Prática Clínica: o que o Psiquiatra pode fazer?


topo