Espiritualidade e Sociedade





Rogério Miguez


>    O papel das mesas girantes

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Rogério Miguez
>    O papel das mesas girantes

 

 

Em 14 de junho de 1853, conforme efeméride publicada pela FEB para o mês de junho, o Jornal do Comércio, do Rio de Janeiro, publicou matéria sobre as mesas girantes. Estavam estas literalmente, fazendo “girar as cabeças” dos desconcertados europeus e norte-americanos, desde as mais humildes até as mais coroadas da secular nobreza europeia.

Sabe-se ter sido uma verdadeira febre, reunir-se em torno das mesas e aguardar que elas se “pronunciassem”, despertando, deste inusitado fato, a acurada percepção do jornal carioca em divulgar, aqui em terras brasileiras, o fenômeno surgido no hemisfério norte.

O interesse na realização do fenômeno se intensificou a tal ponto que obras foram escritas, abordando a prática, inclusive manuais com métodos descrevendo como se obter sucesso na tentativa de fazê-las girar.

Um destes livros detalha por vários passos uma sugestão de como proceder.

* continue a ler - texto completo disponível em pdf - clique aqui para acessar

 

 

 



topo

 

 

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O
- P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - Allan Kardec
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual