Espiritualidade e Sociedade



Jorge Hessen

>      Células-Tronco

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Jorge Hessen
>      Células-Tronco


CIENTISTAS ESTARIAM SUBVERTENDO A ORDEM DIVINA AO MANIPULAR CÉLULAS-TRONCO EMBRIONÁRIAS?

O governo federal lançou dia 20/04/2005 o primeiro edital que permitirá o financiamento de pesquisas com células-tronco no país. Serão liberados R$ 11 milhões dos ministérios da Saúde e da Ciência e Tecnologia. A verba será utilizada para financiar projetos de pesquisas básicas (experimentações in vitro), pré-clínicas (experimentos com animais) e clínicas (experimentos em seres humanos) que tenham o objetivo de desenvolver procedimentos inovadores em terapia celular. Também poderão ser pesquisadas células-tronco adultas da medula óssea e do cordão umbilical e células-tronco embrionárias, incluídas no edital por causa da lei de biossegurança.
[1]

 

Com aprovação da Lei de Biossegurança os cientistas do Brasil estão autorizados a realizar pesquisas em células-tronco embrionárias, inequivocamente, uma das mais promissores áreas da medicina na atualidade. [2] Mas, as pesquisas com células-tronco só poderão ser realizadas se elas forem obtidas através de fertilização in vitro e estiverem congeladas há mais de três anos. [3]

Para os que não conhecem o assunto, informamos que células-tronco é um tipo de célula que pode se diferenciar e constituir diferentes tecidos no organismo. Esta é uma capacidade especial, porque as demais células geralmente só podem fazer parte de um tecido específico (por exemplo: células da pele só podem constituir a pele). Outra capacidade especial das células-tronco é a auto-replicação, ou seja, elas podem gerar cópias idênticas de si mesmas.
[4]

Por causa destas duas capacidades, as células-tronco têm sido objeto de intensas pesquisas hoje, pois poderiam no futuro funcionar como células substitutas em tecidos lesionados ou doentes, como nos casos de Alzheimer, Parkinson e doenças neuromusculares em geral, ou ainda no lugar de células que o organismo deixa de produzir por alguma deficiência, como no caso de diabetes. Entretanto cabe dizer que a aplicação imediata ainda está longe.
[5]

Por enquanto, sobram esperanças e faltam pesquisas que, embora aceleradas, ainda estão em estágio inicial. Há preocupação do Ministério da Saúde com a euforia desmesurada do uso das células-tronco. "Elas são uma promessa de cura, não um milagre como se o paciente fosse soltar a muleta e sair andando".
[6]

Para os Espíritos os embriões que ficam armazenados (congelados) tanto pode ou não haver espíritos ligados. Seja pelo fato do endividamento com humanidade, ou segundo Joanna de Angelis para fugirem de seus perseguidores podem ser levados a "estagiar" nestes embriões congelados, passando por um período de dormência, período este em que estariam livres das perseguições obsessoras e em fase preparatória para um possível retorno ao orbe.
[7]

Colocado o tema, uma indagação se apresenta: teriam os embriões congelados, nos quais se encontram as células-tronco embrionárias, potencial de vitalidade que não se pode transformar (para alguns destruir)? Eis a questão!

Nos últimos meses, vários religiosos e especialistas vêm se reunindo, em várias partes do Orbe para discutir esses avanços da ciência e suas controvertidas questões éticas. Alguns crêem ser um "aborto".

Ponderando-se sobre os importantes apontamentos de Joanna, não podemos desconsiderar também que os Mentores espirituais, especialistas da área, são inteligentes o suficiente para saberem que tal ou qual óvulo será ou não destinado a produção de células-tronco para fins terapêuticos, e, portanto, que nenhum espírito deverá estar ligado a ele. Ou, então, estaremos entronizando a força vigorosa da imprevisibilidade, do “acaso”.

Embriões humanos congelados têm ou não espírito ligado a ele? Como observamos acima Joanna explicou que há casos que pode haver e há casos que não há. A questão 356 de O Livro dos Espíritos explica que pode haver o desenvolvimento de gestação sem espírito. André Luiz elucida o mecanismo deste processo na segunda parte do livro Evolução em Dois Mundos, considerando que o molde perispiritual é o materno dado pelo comando espiritual da mãe que deseja muito ter o filho.
[8]

A propósito, na questão 136-a do “Livro dos Espíritos”, reenfatiza “(...) A vida orgânica pode animar um corpo sem alma(...)”
[9] ..idéia essa que nos remete a refletir sobre a possibilidade de que possam existir embriões sem que Espíritos estejam a eles ligados. E, mais ainda, não se estaria cometendo um grande equívoco, a geração possível de milhares de vidas congeladas (descartáveis) a espera da morte? Vale meditar um pouco mais profundamente sobre esta questão!

É interessante trazer para a discussão o fato de que pesquisadores da Escola de Medicina de Cardiff, em Gales, anunciaram recentemente que estão produzindo embriões humanos sem usar esperma, buscando tornar menos polêmica a utilização de blastócitos
[10] para a utilização de células-tronco. O método, divulgado pela revista New Scientist, utiliza apenas a proteína PLC-Zeta, encontrada no esperma, responsável pela divisão celular. Os embriões se desenvolvem sem os cromossomos masculinos e, portanto, não resultariam num processo de procriação. O uso de células-tronco retiradas de embriões humanos - geralmente descartados em clínicas de reprodução assistida - enfrenta sérias resistências em vários países. Muitos consideram estes embriões como seres vivos, pois caracterizam a vida a partir da fecundação do óvulo pelo espermatozóide. [11]

Joanna de Angelis sabendo da importância dessas pesquisas, ressalta “(...) Verdadeira bênção, o transplante de órgãos concede oportunidade de prosseguimento da existência física, na condição de moratória, através da qual o Espírito continua o périplo orgânico. Afinal, a vida no corpo é meio para a plenitude — que é a vida em si mesma, estuante e real”.
[12] Não podemos deixar de reconhecer que o corpo físico é a máquina divina que o Senhor nos empresta para a confecção de nossa felicidade na Terra. [13]

Não podemos permanecer na ignorância e a ciência tem de atingir a finalidade que a Providência lhe assinou. Kardec ensina que nos instruímos pela força das coisas. As revoluções morais, como as revoluções sociais, se infiltram nas idéias pouco a pouco; germinam durante séculos; depois, irrompem subitamente e produzem o desmoronamento do carunchoso edifício do passado, que deixou de estar em harmonia com as necessidades novas e com as novas aspirações.
[14]

Toda tecnologia nova gera polêmicas. Dentre os argumentos dos que se opõem à técnica terapêutica com células-tronco está o temor de que se vai gerar um comércio de óvulos e embriões. A ser factível essa realidade, vamos estagnar a ciência?

Para o presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Eduardo Krieger, o financiamento de pesquisas com células-tronco embrionárias representam a confiança da sociedade nos cientistas brasileiros. “O cientista hoje tem uma enorme preocupação de que o avanço da ciência seja voltado para a sociedade. A comunidade científica amadureceu e está em condições de produzir esse conhecimento”.
[15]

Em verdade a busca de conhecimento é necessidade básica do homem. E quanto à fobia do mau uso das células-tronco pensamos que a Ciência aprenderá a lidar melhor com as técnicas que envolvem a clonagem, tornando-a mais simples e segura. Quanto à sua disseminação, dependerá dos programas da Espiritualidade.
[16]

Para os que crêem que os cientistas estariam subvertendo a ordem divina ao manipular células-tronco embrionárias, importa recordá-los que transgressão à ordem da natureza é a criança subnutrida, cidades bombardeadas, atos terroristas, doentes sem tratamento, trabalhadores sem emprego. Subversão da ordem divina será sempre a forma como tratamos as pessoas, não como venham a nascer.
[17] Os que hoje se opõem às pesquisas científicas em questão, poderão garantir, com máxima segurança, que no futuro não se beneficiarão dessa inovadora proposta de terapia humana?




________________________________________

[1] O edital para a seleção de projetos está disponível no endereço eletrônico do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).
[2] Censo realizado pela SBRA (Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida) revela a existência de 9.914 embriões congelados nas 15 maiores clínicas de reprodução brasileiras. Desses, 3.219 estão congelados há mais de três anos, critérios essenciais para a utilização em pesquisas com células-tronco (CTs) embrionárias aprovadas pela Lei de Biossegurança.
[3] Revista Veja editada em 03 de Março de 2005
[4] As células-tronco utilizadas nos experimentos em andamento são retiradas, basicamente: 1) da medula óssea do paciente, 2) da placenta e cordão umbilical de recém nascidos e 3) de embriões humanos.
[5] Lygia da Veiga Pereira, do Centro de Estudos do Genoma Humano da Universidade de São Paulo (USP).
[6] Jornal O Estadão, edição de 02/03/2005
[7] Franco, Divaldo Pereira. Dias Gloriosos, Ditado pelo Espírito Joanna de Angelis. Salvador: Ed. LEAL, 1999
[8] Xavier, Francisco Cândido. Evolução em Dois Mundos, Ditado pelo Espírito André Luiz. 5ª Ed. 2 ª parte. Rio de Janeiro, RJ: Ed FEB, 1972
[9] Kardec, Allan. O Livro dos Espíritos, RJ: Ed. FEB, 2003, perg. 136-a
[10] O blastócito é um aglomerado de 100 a 200 células.
[11] Jornal O Estadão de Quinta-feira, 02 de dezembro de 2004
[12] Franco, Divaldo Pereira. Dias Gloriosos, Ditado pelo Espírito Joanna de Angelis. Salvador/Ba: Ed. LEAL, 1999, Cf. Cap. Transplantes de Órgãos:
[13] Xavier, Francisco Cândido. PENSAMENTO E VIDA – ditado pelo Espírito Emmanuel. 3ª Ed. Rio de Janeiro, RJ: Ed. FEB, 1972
[14] Comentário à questão 783 de O Livro dos Espíritos
[15] Jornal Correio Braziliense, edição de 21 de abril de 2005
[16] Do livro: Reencarnação: Tudo o que você precisa Saber ed.CEAC Bauru/SP
[17] Simonetti, Richard. Reencarnação: Tudo o que você precisa Saber, Bauru/SP ed.CEAC, 2003


por Jorge Luiz Hessen
Servidor público Federal, Expositor Espírita na região de Brasília e Goiás,
Articulista das Revistas "Reformador", "O Espírita" e "Brasília Espírita"


Fonte: http://www.ger.org.br/celulas_tronco.htm

 


Leiam de Jorge Hessen

- visitem o blog do autor : - http://jorgehessenestudandoespiritismo.blogspot.com.br/

>  “Casamento religioso espírita?” O que é isso?
>   Células-Tronco
>   Centros Espíritas Surreais
>   Como enfrentar as “culpas” e desculpas?
>   Cremação, uma Visão Espírita
>   Espíritas escravizados a símbolos, mitos e fantasias?
>   Espiritismo, manancial das eternas verdades
>   Ética Espírita, entrada franca sempre! ... Por que não?
>   Fatos que nos lançam no rumo da tese reencarnacionista
>   Funções do Períspirito na Terra e no Além
>   Os Gêmeos Siameses numa análise espírita
>   Industrialização de eventos espíritas grandiosos
>   Obsessão, o encontro de forças inferiores
>   Métodos contraceptivos, uma reflexão espírita
>   Movimento espírita Pós Kardec - episódios e declínio doutrinário na França
>   Nossos filhos e as drogas - Nossos Filhos, Nossas Jóias mais preciosas
>   Os Primórdios do "Espiritismo" - A História do Espiritismo no Brasil
>   Resgates coletivos ante a Lei de Causa e Efeito
>   Síndrome de Smith-Magenis, obsesão ou auto-obsessão?
>   Sistema Prisional à luz do Espiritismo
>   O SUS,as terapias alternativas,o “passe”, as remunerações e o “dai de graça”
>   Umbanda e Espiritismo Cristão numa avaliação oportuna
>   Viver sem comida e sem água na terra - é possível?

 

 


topo

 

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O
- P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - Allan Kardec
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual