Espiritualidade e Sociedade



Luiz Carlos Formiga
 
>    Teatro. Humor e Reflexão

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Luiz Carlos Formiga
>    Teatro. Humor e Reflexão



A “Visita da Velha Senhora” é baseada no texto do dramaturgo suíço Friedrich Dürrenmatt, escrito em 1955. A peça traz um olhar irônico sobre a fragilidade dos valores morais, da justiça e da esperança.
(1)

A genialidade do texto abre o caminho para reflexões sobre o que é a justiça, a verdade e como a linha ética se embaça com discursos coerentes sofistas que parecem justos, mas contém interesses inconfessáveis.

Denise Fraga, atriz protagonista, em entrevista diz que “numa sociedade que foi construída dando valor excessivo ao dinheiro as relações afetivas estão ameaçadas".

Com o entrelaçamento entre um assunto sério e o humor irônico, Denise acha que “as pessoas saem do teatro diferentes, com o risco de pensar em ter novas escolhas na vida".

Relata o prazer de poder trazer assuntos reflexivos através do humor e entretenimento. "Se há coisa que me deixa feliz é quando consigo fazer alguém rir ao mesmo tempo em que faço esta pessoa pensar".

O leitor concorda que a morte é tema que faz pensar? Teria a morte a capacidade de fazer rir e fazer mergulhar em profunda reflexão?

Não há dúvidas de que o humor passa pelo domínio cognitivo e é poderoso instrumento para também fazer refletir.

Levei três netinhas ao teatro. No espetáculo uma menina passou perto da morte, mas com a injeção do antibiótico ela sobreviveu. Isto foi num musical infantil. “A Menina que Mofou nas Férias.”
(2)

Quando li o título, voltei ao laboratório na universidade. Um dos personagens apresentava forte sotaque lusitano e outro o “uai” dos mineiros do Brasil. Fiz regressão de memória. Meu pai era português, minha mãe das Minas Gerais e os fungos da Micologia. Estava me sentindo em casa.

A menina mofou nas férias, presa em casa, sem poder brincar com as outras crianças na rua. Eu brinquei muito na rua. Naquela época o Rio de Janeiro não era violento.

Sem pegar sol, aconteceu o inevitável, a pele da menina se tornou esverdeada.

O médico, tendo nas mãos aquela seringa para pessoa gigante, declarou: “minha senhora, sua filha mofou”. Podia ter morrido!

Por falar em morte, o ator Renato Prieto
(2) explica porque ela é uma piada, num espetáculo espírita de humor e reflexão.


Renato Prieto

Teatro é cultura. Cultura é herança e transformação.

Na saída do teatro, depois que “a menina mofou nas férias”, os atores se deixaram fotografar com as crianças. Pensei e comentei: isso é que é um dinheiro bem gasto! Educação para ser feliz. “Aquela que sabe o valor das coisas e não o seu preço.”

Temos medo da morte. O que acontece depois dela? (3) 

Para o espírita, o ser vai readquirir novas energias e reestudar novos procedimentos. Chegará à fase de planejamento de nova reencarnação, dentro dos limites das possibilidades, dos seus méritos e das leis das probabilidades.

No aqui e agora, diante da morte, a experiência pode conduzir a pessoa a se perceber única, impulsionando a própria transformação. Ela, enquanto angustiada, se singulariza, uma vez que, diante da prova final só ela pode ser o que ela é. Isso aconteceu com os apóstolos, diante da crucificação de Jesus.

Qual a conduta espírita diante da cultura? (4)

“Repelir, sem crítica azeda, as expressões artísticas torturadas que exaltem a animalidade ou a extravagância. O trabalho artístico que trai a Natureza nega a si próprio.”

Temos visto “coisa ruim” divulgada, mas “a arte enobrecida é aquela que estende o poder do amor.”

Miguel Vives (5) lembra-nos que o espírita tem o dever de instruir-se, de integrar-se na cultura do seu tempo. Advoga que o Espírito da Verdade trouxe-nos um mandamento novo:

Espíritas, amai-vos, eis o primeiro ensinamento; instruí-vos, eis o segundo.”

No entanto, há espíritas que ainda não compreenderam quase nada do Espiritismo, e apesar de Nele se encontrarem há vinte, trinta ou mais anos, continuam a pensar que não precisam instruir-se. “Para mim, basta a fé”, dizem e fecham os olhos diante da luz da Nova Revelação.

A fé espírita, como a definiu Kardec, é a raciocinada, ou seja, a iluminada pela razão.

De que luzes disporá a razão, para com ela iluminar a fé, se não tivermos instrução?

O espírita não precisa ser sábio, mas também não deve ser ignorante. Como vai sustentar a sua fé e com ela auxiliar os que sofrem a cegueira do ateísmo, do materialismo? Não há lugar para beatos no Espiritismo.

Como amar o próximo sem ajudá-lo a instruir-se, a esclarecer-se, a libertar-se das superstições, das mentiras, dos falsos juízos?

Hoje, a instrução se difunde na Terra por todos os meios, e o espírita só não se instruirá se não quiser. As instituições espíritas devem tornar-se casas de instrução, de cultura geral. (6)

Jesus nunca disse que seria fácil. As escolas do mundo ensinam o materialismo, ao lado do dogmatismo religioso. Difundem conhecimentos e superstições em mistura, semeando o ateísmo.

“Se sabeis essas coisas, bem-aventurados sois se as fizerdes” disse Jesus em João, 13:17. (7)

A essa cultura que leva à cegueira espiritual é que os espíritas devem confiar os seus filhos e as gerações futuras?

A enorme facilidade de difusão da cultura, que caracteriza o nosso tempo, pode ser um meio de envenenar e perverter gerações. Teremos o direito de deixar que se processe o envenenamento coletivo?

Miguel Vives conclui que o espírita não tem o direito de acomodar-se na poltrona da fé ingênua e simplória: seu dever é estudar e esclarecer-se quanto aos princípios da sua própria doutrina.

Reencarnação existe? (8)


Notas

1. https://www.acidadeon.com/ribeiraopreto/noticias/NOT,0,0,1342497,a+visita+da+velha+senhora+traz+humor+e+reflexao.aspx
2. https://renatoprieto.wordpress.com/2011/01/11/teatro-nas-ferias/
3. http://www.redeamigoespirita.com.br/profiles/blogs/medo-da-morte-1?xg_source=activity
4. http://www.cejoaobatista.org.br/files/Andre-Luiz---Conduta-Espirita--Waldo-Vieira-.pdf
5. O Tesouro dos Espíritas. Miguel Vives. Guia Prático para a Vida Espírita. Edicel LTDA. São Paulo. SP. Brasil.
Guia Practica del Espiritista. Carbonell y Esteva Editores. Barcelona. Espanha.
6. https://issuu.com/merchita/docs/polliticum_corruptiae_dr_luiz_carlo / http://orebate-jorgehessen.blogspot.com/2016/12/polliticum-corruptiae.html?m=1
7. https://issuu.com/merchita/docs/el_materialismo_y_la_tarea_de_vlado / http://www.oconsolador.com.br/ano10/508/ca7.html
8. https://issuu.com/merchita/docs/la_elevada_misi__n_de_la_ci__ncia_e /
http://www.espiritualidades.com.br/Artigos/F_autores_FORMIGA_Luiz_textos/FORMIGA_Luiz_tit_Elevada_missao_da_Ciencia_Espirita-A.htm





LUIZ CARLOS FORMIGA é professor universitário da UFRJ e UERJ, aposentado.

 


topo

 

 

Leia também outros artigos do Professor Luiz Formiga:


->  Alteridade - Termômetro
->  Anencéfalos, argumentos de ministros e "O Livro dos Espíritos"
->  Anomalias fetais: abortar?
->  Apego ao cargo - O poder neurótico
->  Borboletas na janela - texto conta a história de Helen Keller e discute preconceitos comuns
->  Casamentos, ricos e pobres de Espírito
->  Céu – Propriedade Particular
->  Chico revela: “A Cidade Estranha”
->  Chorão e Retroalimentação
->  A Ciência do espírito
->  As Ciências Biomédicas, os Doutores, o Espiritismo e os Cegos de Nascença
->  Cirurgias, Materializações e Micróbios, Diferentes
->  O Cirurgião e a Doença da Negação
->  Coisas e Passes
->  Contraceptivo - Titânio para prevenir aborto criminoso
->  Dano e dor sem nome
->  Dependência química - 1,3 bilhão de pessoas são dependentes do tabaco
->  Deus me livre!
->  Diante da Adversidade... A Melhor Defesa
->  Diante do Efeito Inteligente, Diferentes Comportamentos
->  Dignidade para a mulher - É necessário restabelecer a igualdade entre cidadãos
->  Discutindo a Sexualidade
->  Drogas. O exemplo Arrasta
->  Drogas e Espiritualidade - instituições religiosas e dependência química
->  Drogas. “Quase Viúva”
->  E os jovens espíritas?
->  Ecologia da alma
->  Educação na idade dourada
->  Eleição? Antes de Votar pergunte ao Candidato Sobre o Aborto  
->  A Elevada missão da Ciência Espírita
->  Encadernação Vermelha, Bioquímica, Finados e Aborto
->  Ensino, Pesquisa e Ética na Microbiologia Médica
->  Escala de Valores, Cura e Prevenção
->  Espíritas e Voluntariado
->  Estudo das Células-tronco - Abordagem científica, jurídica e espírita
->  Ética, Sociedade e Terceiro Milênio
->  Evangelização Espírita e a "Febre das Almas Gêmeas"
->  EXU
->  Fatalidade
->  O Homem, a Mulher e as Linhas Paralelas
->  Ideologia de Gênero, Reencarnação e a Metade certa
->  Incentivar a pesquisa: Universidades brasileiras negligenciam a pesquisa
->  Mainha tinha razão
->  Máscara de Sanidade. Transtorno da Personalidade Antissocial
->  Médicos, Médiuns “de Bem” e o Aborto
->  Médium: “Cuidado Perigo!”
->  A Mulher do "Próximo" - dos delitos e das penas
->  “Não Vai Ter Copo!”
->  Onde a mãe errou?
->  O que espero de meus médicos: Idéias para uma "Declaração de Direitos do Paciente Terminal
->  A Palavra que liberta
->  O Poder das Palavras, no Princípio era o Verbo
->  A política do aborto: O que se quer é “desumanizar” o embrião
->  Preconceito, Exclusão, Espíritas, Umbandistas e Ciganos
->  Queria ter um filho assim!
->  Razões da Dor - Os Espíritas e o STF diante dos Fetos Anencéfalos
->  Recebendo a visita de um morto, a cujo funeral compareceu
->  Sexo - Artigo de Compra e Venda
->  Somatização das Doenças
->  O Sonho de Nieta e o Pesadelo de Teresa
->  Suicídio e aborto de anencéfalos
->  Talento extraordinário
->  Teatro. Humor e Reflexão
->  Teatro nas Férias
->  Tendências Reveladoras
->  Tons de Cinza
->  Umbanda e Candomblé: Torres Gêmeas Afro-brasileiras
->  Um "centro de referência" na UERJ: prevenindo demandas judiciais - Responsabilidade civil x erros de diagnóstico bacteriológico
->  Universidade e Suicídio - Discutindo Arquitetura e Prevenção
->  Vacinação desafio de urgência
->  Velórios, Enterros e Umbral
->  Vida, Esperança e Fé, para Não Espíritas
->  A Visão Espírita dos sonhos
->  O Zigoto no banco dos réus: Visão espírita das pesquisas que usam células-tronco

Formiga, Luiz Carlos D. & Formiga, André Luiz B.
->  Direito à Saúde: a Constituição brasileira assegura o direito à saúde
->  Universidade da Alma. Cidade Universitária do Espírito

Formiga, Luiz Carlos D. & Formiga, Lívia B.
->  Há sempre um amanhã

Formiga, Luiz Carlos D. & Formiga, Sonia B.
->  Jesus, Tomé e Nós

 


topo