Espiritualidade e Sociedade



Luiz Carlos Formiga


>    Percepção e Subjetividade
 
Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Luiz Carlos Formiga
>    Percepção e Subjetividade


* texto disponível em pdf - clique aqui para acessar -

 

 

Percepção e Subjetividade I

A Psicologia Cognitiva permite definir percepção como o conjunto de processos pelos quais reconhecemos, organizamos e entendemos os estímulos em nosso ambiente. A sensação não deve ser confundida com ela, mas é imprescindível para que ocorra o fenômeno. Percepção é processo duplo, psicológico e fisiológico. A sensibilidade é captação pura e simples de um estímulo, sendo exclusivamente biológico.

Para que ocorra a percepção não basta a existência de um excelente instrumento fotossensível, como é o olho, com seus sete bilhões de cones, na fóvea, e outros milhões de bastonetes, encontrados na periferia da retina. Percepção não é resposta rígida, ligada ao estímulo, mas um complexo processo bipolar resultante da interação entre condições de estímulo e fatores inerentes ao observador.

Há, nesta hora, que considerar o papel das características internas do pesquisador, seus interesses e valores, sem esquecer os fatores externos sociais, que também influenciam o processo. Considerando apenas o biológico, sem cogitar do biomédico, ainda temos que lembrar as aberrações, cromática e esférica.

Vamos sempre nos defrontar com inúmeros estímulos, de vários tipos. No entanto, no palco onde a vida mental acontece (consciência), teremos apenas um limitado número deles. Estamos diante do foco da atenção, que é influenciada, dentre outros, pelo movimento, tamanho, repetição.

Teoricamente podemos conjecturar que a pessoa que recebe constrói essencialmente o estímulo percebido usando informação contextual, sensorial e conhecimento anterior. Por esse motivo faço convite para uma rápida experiência.
Pense ligeiramente no que acontece quando folheamos um texto publicado numa revista técnica.
Em seguida e sem pressa, vá folheando até as referências bibliográficas ou, de modo inverso, comece pelo fim, no endereço eletrônico disponível.

http://www.egov.ufsc.br/portal/conteudo/um-centro-de-refer%C3%AAncia-na-uerj-prevenindo-demandas-judiciais
https://jus.com.br/artigos/17015/um-centro-de-referencia-na-uerj-prevenindo-demandas-judiciais/2

Finalmente responda.

O que acontece com a percepção, quando já possuímos ou não, conhecimento anterior, em áreas como a Educação, Psicologia, Direito e Biomedicina?

Percebeu?

Inicialmente, o texto considera a natureza humana como de ordem biológica, psicológica, social e espiritual, lembrando a política de humanização do Ministério as Saúde, do SUS e a postura ética de um profissional de saúde, que transcende escuta de queixas, e vai à responsabilidade pela resolução dos problemas e a promoção da saúde. Essa política irá evitar maior sofrimento, sempre geral, físico, social e psíquico.

O artigo procura apreender a realidade na Medicina Laboratorial, onde esse profissional é capaz de perceber a existência de uma pessoa, mesmo que esteja por trás de um mero tubo de ensaio. Valoriza a pessoa, a prudência, a diligência e a perícia. Pessoa como lecionou Miguel Reale “é o valor fonte de todos os valores”.

 

Percepção e Subjetividade II

Anteriormente definimos percepção como o conjunto de processos pelos quais reconhecemos, organizamos e entendemos os estímulos em nosso ambiente. Dissemos que a sensação é imprescindível para que ocorra a percepção, processo psicológico e fisiológico. (1)

O sentido cinestésico e o vestibular são pouco conhecidos. Se o leitor fechar os olhos e encolher os dedos, o primeiro o torna consciente do movimento. Há informação do posicionamento relativo das partes do corpo durante o movimento.

Existe a informação sobre o movimento e a orientação da cabeça e do corpo em relação a Terra, quando a pessoa se movimenta sozinha ou mesmo em carros ou aviões, ela é fornecida pelo sentido de orientação ou equilíbrio, é conhecida como sentido vestibular. Perceba que essas informações não adentram a consciência.

Questão a ser discutida é a da existência de uma percepção extra-sensorial (PES). Aquela que não depende dos canais sensoriais conhecidos. Telepatia, clarividência e precognição.

Existe evidência casuística confiável? (2)

A prudência pede para antes de pensar em PES considerar outras possibilidades como as informações não confiáveis, o acaso, a inferência racional, a fraude e, até mesmo a existência de “animal” percepção aguda.

Encontraremos críticas que vão se assemelhar as dirigidas à Psicologia, em geral são de ordem ideológica, de natureza técnica e de base filosófica.

Sem dúvidas uma percepção sensorial aguda é uma explicação para muito daquilo que se passa como PES. Os animais quando respondem a informações sensoriais sutis, também transmitem a falsa impressão de PES. Eles podem responder a vibrações sônicas de baixa frequência ou à perturbação de campos eletromagnéticos locais que precedem um tremor.
Experiências laboratoriais já estabeleceram a existência da PES?

Essas investigações podem apresentar vários problemas técnicos. Favorecem o ceticismo dos psicólogos a inconsistência dos dados. Aumentando-se o controle, os escores de PES de pessoas apresentadas como paranormais costumam diminuir. Isso é desconfortável aos investigadores, porque a melhora da metodologia deveria resultar em demonstrações mais conclusivas. É encontrado com alta frequência o relato de investigações parapsicológicas, que apresentam versões discrepantes dos métodos utilizados. Por outro lado, outros achados deixam investigadores intrigados.

Uma mulher, diante de uma mensagem onírica diurna, interrompe seus afazeres domésticos, chama um táxi e vai encontrar o filho caído quase morto ao lado da moto. Outros também não podem ser diagnosticados como alucinação. Nesta o objeto, que se disse detectado, na realidade não existe. No fenômeno mediúnico o objeto observado oferece informação inusitada, que pode ser posteriormente comprovada.

Este objeto, da Ciência Espírita, referido aqui como espírito, pode colaborar com o investigador apresentando-se aos mecanoceptores, quando há estímulo dos neurônios da raiz dorsal. Materializam-se para se submeter a exames e atuar no meio físico, independente daquele médium que lhe ofereceu condições para ser tocado. (3)

Com a técnica da mediunidade, o espírito que se materializa pode ir além, caso possua conhecimentos técnicos médicos, por exemplo, de cirurgia cardíaca. Pode realizar os procedimentos na presença de médicos testemunhas.

O leitor pode saber muito mais, pois esses resultados estão amplamente socializados e as testemunhas por ora são fáceis de encontrar. O escritor Professor doutor P.C. Fructuoso ainda esta entre nós. (*)

Após a cirurgia realizada por um destes “fantasmas” materializados restou indagar: como ele fez isso? (4)

No artigo anterior (1) escrevemos sobre a inteligência corporal cinestésica. Recordemos que ela está relacionada a uma ampla consciência sobre o próprio corpo.

Temos ampla consciência de nossa condição espiritual?

Somos um espírito que possui um corpo?

Esta resposta fica na dependência da indigência cultural e da Inteligência Espiritual.

A Inteligência cinestésica envolve a capacidade para realizar muitos tipos de movimentos físicos, percepção espacial, trabalhos manuais e, entre outros, ações sincronizadas. Por esse motivo, se evidencia como de extrema importância no período infantil e a escola deve estar atenta ao seu desenvolvimento. Por outro lado, em termos relativos esta Inteligência Espiritual pode ser até mais importante do que as outras. Não deveria ser negligenciada no período infantil, embora seja verdadeira missão dos pais e não da escola.

Chegamos a diferentes domínios, que formam um só bloco, tendo origem única. Cognitivo (QI), afetivo (QE) e espiritual (QS).

Na Inteligência espiritual as ligações neuronais alcançariam organização mais complexa. Mais aparelhado ele engloba todos os graus de inteligência, com pensamentos ordenados, participando das criações psicológicas, onde a intuição representa a mola mestra do processo. Assim, há um tipo de organização neural que permite ao homem realizar um pensamento racional, lógico (QI). O QE é contemplado com outro tipo de organização neural, que irá permitir realizar o pensamento associativo, afetado por hábitos, reconhecedor de padrões emotivos.

Um terceiro tipo de organização neural permite o pensamento criativo, capaz de insights, formulador e revogador de regras, o QS, espiritual-valorativo. Com essa organização é que se formulam e se reformulam tipos anteriores de pensamentos.

O estudo da inteligência espiritual (QS) permite compreender que uma pessoa muito inteligente (cognição) pode ser estúpida em termos de valores ético-espirituais.

Principalmente na mediunidade, fatalidade evolutiva, QI, QE e QS se mostrarão de acordo com os diversos graus e alcances. Assim, o fenômeno mediúnico por fazer parte dos componentes orgânicos, quando ativado alcançará e será envolvido por qualquer tipo de inteligência. Diante de tal fato compreendemos o teor das mensagens espirituais reveladas no processo mediúnico, com as características de maior ou menor significado, pela condição de “filtragem” que a organização mediúnica oferece. (5)

Percebeu?

Pessoas incompetentes para ocupar cargos de comando, quando estão nesta condição podem cometer crimes contra a sociedade, por pura ingenuidade espiritual. Outras podem apresentar-se com distúrbios graves, como o Transtorno da Personalidade Antissocial.(6) Em ambos os casos há distorção da realidade. (6)

Para terminar, proponho ao leitor um exercício mental suave, não chega a ser musculação cerebral, para avaliar a percepção.

A letra (7) diz que um coração pode bater parado?

Perceba que “fica batendo parado naquela estação”.

Leia mais

(*) Fructuoso, PC. A Face Oculta da Medicina. Educandário Social Lar de Frei Luiz. RJ.RJ. 2013. 336 p. WWW.lardefreiluiz.org.br tel (21)3539-9550

1. http://orebate-jorgehessen.blogspot.com/2019/10/percepcao-e-subjetividade-i.html
2.http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_nlinks&ref=000237&pid=S1807-5509201100010000700005&lng=pt
3.http://orebate-jorgehessen.blogspot.com.br/2016/11/a-elevada-missao-da-ciencia-espirita.html
https://rinconespirita.wordpress.com/dr-luiz-carlos-formiga/
https://issuu.com/merchita/docs/la_elevada_misi__n_de_la_ci__ncia_e
http://www.espiritualidades.com.br/Artigos/F_autores_FORMIGA_Luiz_textos/FORMIGA_Luiz_tit_Elevada_missao_da_Ciencia_Espirita-A.htm
4.http://orebate-jorgehessen.blogspot.com/2013/10/dr-frederick-von-stein-cura-e-mudanca.html
http://orebate-jorgehessen.blogspot.com.br/2016/06/no-cremerj-desafiando-incredulidade.html
http://orebate-jorgehessen.blogspot.com.br/2016/07/foi-incrivel.html
5.http://aumagic.blogspot.com.br/2013/06/drogasmediunidadeinteligencia-e-chico.html
6.http://orebate-jorgehessen.blogspot.com.br/2015/11/luiz-carlos-formiga-hoje-07112015-dois.html
http://paespirita.blogspot.com.br/2015/11/mascara-de-sanidade-transtorno-da.html
http://pointier.blogspot.com.br/2015/11/mascara-de-sanidade-transtorno-da.html
http://www.redeamigoespirita.com.br/profiles/blogs/a-m-scara-e-os-pol-ticos-brasileiros?xg_source=msg_appr_blogpost
7.https://www.youtube.com/watch?v=abzLFln_nAE
https://www.youtube.com/watch?v=pzKDAYC9hns
https://www.youtube.com/watch?v=D578v3aOcXU

Fonte: http://orebate-jorgehessen.blogspot.com/2019/10/percepcao-e-subjetividade-i.html


LUIZ CARLOS D. FORMIGA é professor universitário da UFRJ e UERJ, aposentado

 


topo

 

 

Leia também outros artigos do Professor Luiz Formiga:


->  Alteridade - Termômetro
->  Anencéfalos, argumentos de ministros e "O Livro dos Espíritos"
->  Anomalias fetais: abortar?
->  Apego ao cargo - O poder neurótico
->  Borboletas na janela - texto conta a história de Helen Keller e discute preconceitos comuns
->  Casamentos, ricos e pobres de Espírito
->  Céu – Propriedade Particular
->  Chico revela: “A Cidade Estranha”
->  Chorão e Retroalimentação
->  A Ciência do espírito
->  As Ciências Biomédicas, os Doutores, o Espiritismo e os Cegos de Nascença
->  Cirurgias, Materializações e Micróbios, Diferentes
->  O Cirurgião e a Doença da Negação
->  Coisas e Passes
->  Contraceptivo - Titânio para prevenir aborto criminoso
->  Dano e dor sem nome
->  Dependência química - 1,3 bilhão de pessoas são dependentes do tabaco
->  Deus me livre!
->  Diante da Adversidade... A Melhor Defesa
->  Diante do Efeito Inteligente, Diferentes Comportamentos
->  Dignidade para a mulher - É necessário restabelecer a igualdade entre cidadãos
->  Discutindo a Sexualidade
->  Drogas. O exemplo Arrasta
->  Drogas e Espiritualidade - instituições religiosas e dependência química
->  Drogas. “Quase Viúva”
->  E os jovens espíritas?
->  Ecologia da alma
->  Educação na idade dourada
->  Eleição? Antes de Votar pergunte ao Candidato Sobre o Aborto  
->  A Elevada missão da Ciência Espírita
->  Encadernação Vermelha, Bioquímica, Finados e Aborto
->  Ensino, Pesquisa e Ética na Microbiologia Médica
->  Escala de Valores, Cura e Prevenção
->  Espíritas e Voluntariado
->  Estudo das Células-tronco - Abordagem científica, jurídica e espírita
->  Ética, Sociedade e Terceiro Milênio
->  Evangelização Espírita e a "Febre das Almas Gêmeas"
->  EXU
->  Fatalidade
->  O Homem, a Mulher e as Linhas Paralelas
->  Ideologia de Gênero, Reencarnação e a Metade certa
->  Incentivar a pesquisa: Universidades brasileiras negligenciam a pesquisa
->  Mainha tinha razão
->  Máscara de Sanidade. Transtorno da Personalidade Antissocial
->  Médicos, Médiuns “de Bem” e o Aborto
->  Médium: “Cuidado Perigo!”
->  A Mulher do "Próximo" - dos delitos e das penas
->  “Não Vai Ter Copo!”
->  Onde a mãe errou?
->  O que espero de meus médicos: Idéias para uma "Declaração de Direitos do Paciente Terminal
->  A Palavra que liberta
->  Percepção e Subjetividade
->  O Poder das Palavras, no Princípio era o Verbo
->  A política do aborto: O que se quer é “desumanizar” o embrião
->  Preconceito, Exclusão, Espíritas, Umbandistas e Ciganos
->  Queria ter um filho assim!
->  Razões da Dor - Os Espíritas e o STF diante dos Fetos Anencéfalos
->  Recebendo a visita de um morto, a cujo funeral compareceu
->  Sexo - Artigo de Compra e Venda
->  Somatização das Doenças
->  O Sonho de Nieta e o Pesadelo de Teresa
->  Suicídio e aborto de anencéfalos
->  Talento extraordinário
->  Teatro. Humor e Reflexão
->  Teatro nas Férias
->  Tendências Reveladoras
->  Tons de Cinza
->  Umbanda e Candomblé: Torres Gêmeas Afro-brasileiras
->  Um "centro de referência" na UERJ: prevenindo demandas judiciais - Responsabilidade civil x erros de diagnóstico bacteriológico
->  Universidade e Suicídio - Discutindo Arquitetura e Prevenção
->  Vacinação desafio de urgência
->  Velórios, Enterros e Umbral
->  Vida, Esperança e Fé, para Não Espíritas
->  A Visão Espírita dos sonhos
->  O Zigoto no banco dos réus: Visão espírita das pesquisas que usam células-tronco

Formiga, Luiz Carlos D. & Formiga, André Luiz B.
->  Direito à Saúde: a Constituição brasileira assegura o direito à saúde
->  Universidade da Alma. Cidade Universitária do Espírito

Formiga, Luiz Carlos D. & Formiga, Lívia B.
->  Há sempre um amanhã

Formiga, Luiz Carlos D. & Formiga, Sonia B.
->  Jesus, Tomé e Nós

 


topo