Espiritualidade e Sociedade



Luiz Carlos Formiga

>    A Palavra que liberta

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Luiz Carlos Formiga
>    A Palavra que liberta


Leon Denis diz que o estado social valerá o que nós valemos. Se nós somos pequenos, ignorantes e viciosos, ele será frágil e miserável.

Em 2003, assistimos um documentário dirigido e produzido por Andréa Pasquini. "Os Melhores Anos De Nossas Vidas", selecionado para o festival "É Tudo Verdade", na competição nacional de longas.

O festival aconteceu em São Paulo e Rio simultaneamente. A autora confidenciou que estava muito feliz por acreditar na força de todas as pessoas que abriram suas histórias tão íntimas. Elas foram narradas pelos moradores de Santo Ângelo, uma cidade erguida para o tratamento de hansenianos.

"O testemunho humano dos moradores remanescentes revela as marcas que ficaram do tempo em que a internação era compulsória. Condenados ao isolamento de uma vida inteira, os pacientes encontraram no amor e na luta, na música e no cinema as principais armas para enfrentar seus dramas pessoais."

A medicina aprende com seus erros e, nesse particular, o estigma da lepra e a hanseníase ofereceram muitos exemplos. (1)

Não temos dúvidas de que, com o filme, Andréa parece demonstrar com mais facilidade quem e quando errou. Universidades erram. Intelectuais erram.

Em 2017, um livro discute esses caminhos tortuosos. Na folha de rosto encontramos: o Brasil de hoje é perigoso, feio, miserável e insustentável. O que tornou tudo isso possível? Como explicar a atual crise brasileira?(2)

Nele, Rodrigo Gurgel diz que ao longo de suas páginas, o leitor descobrirá os antecedentes do processo que, no Brasil, perverteu a produção artística e intelectual. Fala em maquiavelismo absoluto. Políticos fascinados pelo poder dispensam, por princípio, qualquer preocupação ética, como na “Cidade Estranha”, relato de Chico Xavier. (3)

A máxima de Edmund Burke lembra uma resposta em O Livro dos Espíritos. “Tudo o que é preciso para o triunfo do mal é que nada façam os homens de bem”.

Num rodapé, seu autor diz que nenhum dos inocentes é diretamente culpado pela catástrofe de Hitler (...). No entanto, afirma que foi precisamente de tal estado de mente e alma que o nazismo obteve suas energias. A indiferença política é indiferença ética, intimamente relacionada com a perversão ética (...). A culpa inocente sobe até esferas metafísicas e mágicas e desce até a escuridão do reino do instinto.

Um jornalista nos fez lembrar a “corrupção da inteligência”, quando disse que: Nenhum escritor, roteirista, cantor, cineasta, ator ou poeta deu um pio sobre a guerra travada por quadrilhas que disputam o controle do tráfico de drogas nas favelas, “comunidades”, no Rio de Janeiro. (4) Ainda bem que Nathan Amaral está numa universidade na Áustria. (5)

Nessa última década e meia, o aborto passou a ser uma “ideia fixa”. Em São Paulo, o Governador Sergio Cabral, do Rio de Janeiro, defende a legalização do aborto, dizendo: Quem aqui não teve uma namoradinha que teve que abortar? Foi num evento para empresários.

Antes, havia afirmado que as clínicas de aborto eram comuns no país, defendendo-se antecipadamente: A gente engravida uma moça... Eu não, porque já tenho família e sou bem casado.

Políticos repercutiram a mesma frase, como se estivessem no confessionário. Cabral defendia a prática como método de redução da violência no Rio de Janeiro.

E a namorada grávida, na universidade? Ouvi um acadêmico “espírita”. Precisava conversar. Tinha um problema. A namorada se recusava a abortar. Quem atira a primeira pedra no governador? (6)

Espíritas também usam como alvo o Espírito Emmanuel. Alexei cria uma imagem é a estória do indivíduo que para fazer uma prece acende um incenso, deposita-o no altar construído com a imagem de Buda, com um terço na mão, recitando Caritas. (7)

Espíritas também já aparecem nas estatísticas do suicídio. (8)

Ninguém consegue imunidade total, se não tomar todas as doses da vacina, na “idade certa”. Por isso os habitantes da “Cidade Estranha” deverão investir no período infantil, para poder confrontar “ciência x percepções sociais” e tornar palatável a ideologia de gênero. (9)

Diante da escala de valores da universidade e da quase total homogeneidade de ideias é proibido o pensamento divergente. Sem liberdade para o debate de ideias chegamos ao corporativismo e ao patrulhamento ideológico.

Seria uma afirmação mediumfóbica dizer que é vítima de alucinação aquele que diz ver e ouvir espíritos? Nem sempre é fácil distinguir mediunidade e ilusões psicóticas.

Como ficará o horizonte cultural das gerações futuras se a universidade não mudar? Mas, teremos que mudar, pois o terceiro milênio será a Era do Espírito e dos Valores Éticos.

Zveiter (10) comenta as Doutrinas Éticas fundamentais e nos traz uma lição.

O pensamento ético consiste no exame sistemático das relações dos seres humanos entre si, nas concepções, nos interesses e ideais que originam o modo humano de uns tratarem os outros, e nos sistemas de valor em que esses objetivos de vida se baseiam. Essas crenças sobre como a vida deve ser levada, o que os homens e as mulheres devem ser e fazer, são objetos de uma indagação moral; e quando aplicadas a grupos e nações, e até à humanidade em geral, são chamadas de filosofia política, o que não passa da ética aplicada à sociedade.”

Pode haver um perigoso distanciamento entre ética e política. Havendo uma percepção difusa de que não se complementam, constituindo-se universos distintos. A ética, assim, isoladamente, não teria espaço no mundo político. No entanto, o pensamento ético deve forjar o sistema de valores que fundamenta uma sociedade justa. Mas, cuidado! Espíritas que dormem foram apanhados pela “conversa mole” dos que se apresentaram como detentores do monopólio da ética, no “bom” combate à miséria.

No final de seu livro - A Ética e a Política sob a Ótica da Maçonaria (10) - Zveiter reconhece a existência de maçons que enxovalham o belo nome de uma organização profundamente espiritual. No entanto, acredita no futuro e diz que alguns aspectos indesejáveis do trabalho e organização maçônicos devem desaparecer inevitavelmente. Devem ter fim o apetite dos que procuram curiosidades, as maquinações políticas privadas e os incentivos puramente sociais e comerciais.

Na Audiência Pública, 09 de agosto de 2007, no Auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados, organizada pelo Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, Zveiter é enfático:

A Ética deve ser um imperativo da política e da própria vida em sociedade.”

Certamente a Maçonaria influenciou as ações de Anália Franco, a benfeitora das crianças na dor da vulnerabilidade social. A educadora se tornou precursora do Evangelho na Educação.

“Cidade Estranha” era governada por entidades mentalmente vigorosas, mas sem sentimentos e ética. Suas apresentações públicas eram aplaudidas e suas ordens eram fielmente obedecidas. Eles exerciam sobre seus seguidores um poder do tipo sugestão hipnótica. Mesmo depois, quando reencarnados na Terra, esses subordinados ainda estariam submetidos ao mesmo “cordão hipnótico manipulador”.

Anália Franco fez a opção pelo Evangelho. Percebeu que estava diante de um Tratado de Ética e um compêndio de Imunologia. Suas crianças deveriam ser vacinadas. A educadora sabia que era grave a “infeção na alma”, assim como Zveiter percebeu a alta virulência do micróbio patogênico para políticos. (11)

Sua exotoxina destrói fibras cardíacas e fazem a corrupção da inteligência. Olhos injetados de vermelho, o paciente quer pintar tudo de cinza. A ideologia escraviza.

O amor é a palavra que liberta, já dizia o poeta. (12)


Leia mais

1:

- Os Melhores Anos de Nossas Vidas _ Histórias de Exílio no Brasil Profundo Documentário | 2003 | 65 minutos Trecho abertura Festival Internacional de Documentários ...
https://www.youtube.com/watch?v=dkPatOlZbFQ

Críticos | O EXÍLIO NA PELE
- http://criticos.com.br/?p=334&cat=3
Existem filmes que parecem fadados a permanecer numa espécie de isolamento, exilados em sessões de mostras e festivais. Um magnífico documentário brasileiro está agora correndo esse risco.

Luiz Carlos D. Formiga - O PODER DAS PALAVRAS, NO PRINCÍPIO ERA O VERBO
http://www.aeradoespirito.net/ArtigosLCF/O_PODER_D_PALAV-N_PRINC_ERA_O_VERBO_LCF.html
Palavras bem ditas tornam-se benditas, e, mal ditas tornam-se malditas? Eneida Souza, em Tendências do Trabalho, julho de 2002, diz que a resposta é não.Se encararmos "benditas" com a sonoridade religiosa ou se ouvirmos "malditas" como rogo de praga.

2. A corrupção da inteligência
https://www.amazon.com.br/kindle/dp/B074XF7BV9/ref=rdr_kindle_ext_eos_detail

3:

Luiz Carlos D. Formiga - Chico revela: “A Cidade Estranha”
http://orebate-jorgehessen.blogspot.com.br/2012/12/chico-revela-cidade-estranha.html

NEWTON BOECHAT: A CIDADE DO SEXO E A REENCARNAÇÃO DE ESPÍRITOS MUITO DESEQUILIBRADOS NO CAMPO DA SEXUALIDADE HUMANA
Meus queridos amigos e irmãos, eis aqui um um excelente áudio trazendo a informação do querido Chico Xavier através do grande orador espírita, verdadeiro baluarte do nosso movimento, o Newton Boechat, sobre a "Cidade do Sexo" e a sua influência na sociedade terrena através do mecanismo reencarnatório, com o nascimento de…
https://blogdobrunotavares.wordpress.com/2016/05/23/newton-boechat-a-cidade-do-sexo-e-a-reencarnacao-de-espiritos-muito-desequilibrados-no-campo-da-sexualidade-humana/

Luiz Carlos D. Formiga - EVANGELHO E CORRUPÇÃO
http://orebate-jorgehessen.blogspot.com.br/2015/02/evangelho-e-corrupcao.html

4. Augusto Nunes - Gente que mata floresta não pode. E gente que mata gente?
https://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/gente-que-mata-floresta-nao-pode-e-gente-que-mata-gente/

5. Luiz Carlos D. Formiga - MUTIRÃO NO BEM. ACEITO E AGRADEÇO
http://orebate-jorgehessen.blogspot.com.br/2017/09/mutirao-no-bem-aceito-e-agradeco.html

6. Luiz Carlos D. Formiga - A namoradinha que teve que abortar
http://www.espiritualidades.com.br/NOT/Not_2010/2010_12_16_aborto_cabral_formiga.htm

7. Vladimir Alexei - Novos espíritas
http://orebate-jorgehessen.blogspot.com.br/2017/09/novos-espiritas.html

8. Luiz C. Formiga e Lívia B. Formiga - Há sempre um amanhã
- Em 1994 surgiu o “Programa de Prevenção de Suicídio Fita Amarela”. Entre os pacientes, 50,9 % eram portadores de transtorno mental e usuários de substâncias de abuso.
http://www.oconsolador.com.br/ano10/488/especial.html

9. Fala da Dra. Carla Dorgan contra a IDEOLOGIA DE GÊNERO NA EDUCAÇÃO
https://www.youtube.com/watch?v=KYD8PJPibkY

10. Waldemar Zveiter - Ética e Política Sob a Ótica da Maçonaria
Sereníssimo Grão-Mestre, Ministro Waldemar Zveiter
http://www.cavaleirosdaluz18.com.br/downloads/Etica_e_Politica_sob_a_Otica_da_Maconaria.pdf

11. Luiz Carlos Formiga - Polliticum corruptiae
Ainda bem que para o Mal de Alzheimer e Parkinson temos promissoras pesquisas brasileiras capazes de elucidar o “paradoxo do cálcio” e nos apontar a luz no fundo do túnel.
http://orebate-jorgehessen.blogspot.com.br/2016/12/polliticum-corruptiae.html

 

 

Fonte: email recebido do autor em 26/05/2018

LUIZ CARLOS D. FORMIGA é professor universitário da UFRJ e UERJ, aposentado

 


topo

 

 

Leia também outros artigos do Professor Luiz Formiga:


->  Alteridade - Termômetro
->  Anencéfalos, argumentos de ministros e "O Livro dos Espíritos"
->  Anomalias fetais: abortar?
->  Apego ao cargo - O poder neurótico
->  Borboletas na janela - texto conta a história de Helen Keller e discute preconceitos comuns
->  Casamentos, ricos e pobres de Espírito
->  Céu – Propriedade Particular
->  Chico revela: “A Cidade Estranha”
->  Chorão e Retroalimentação
->  A Ciência do espírito
->  As Ciências Biomédicas, os Doutores, o Espiritismo e os Cegos de Nascença
->  Cirurgias, Materializações e Micróbios, Diferentes
->  O Cirurgião e a Doença da Negação
->  Coisas e Passes
->  Contraceptivo - Titânio para prevenir aborto criminoso
->  Dano e dor sem nome
->  Dependência química - 1,3 bilhão de pessoas são dependentes do tabaco
->  Deus me livre!
->  Diante da Adversidade... A Melhor Defesa
->  Dignidade para a mulher - É necessário restabelecer a igualdade entre cidadãos
->  Discutindo a Sexualidade
->  Drogas. O exemplo Arrasta
->  Drogas e Espiritualidade - instituições religiosas e dependência química
->  Drogas. “Quase Viúva”
->  E os jovens espíritas?
->  Ecologia da alma
->  Educação na idade dourada
->  Eleição? Antes de Votar pergunte ao Candidato Sobre o Aborto  
->  A Elevada missão da Ciência Espírita
->  Encadernação Vermelha, Bioquímica, Finados e Aborto
->  Ensino, Pesquisa e Ética na Microbiologia Médica
->  Escala de Valores, Cura e Prevenção
->  Espíritas e Voluntariado
->  Estudo das Células-tronco - Abordagem científica, jurídica e espírita
->  Ética, Sociedade e Terceiro Milênio
->  Evangelização Espírita e a "Febre das Almas Gêmeas"
->  EXU
->  Fatalidade
->  O Homem, a Mulher e as Linhas Paralelas
->  Ideologia de Gênero, Reencarnação e a Metade certa
->  Incentivar a pesquisa: Universidades brasileiras negligenciam a pesquisa
->  Mainha tinha razão
->  Máscara de Sanidade. Transtorno da Personalidade Antissocial
->  Médicos, Médiuns “de Bem” e o Aborto
->  Médium: “Cuidado Perigo!”
->  A Mulher do "Próximo" - dos delitos e das penas
->  “Não Vai Ter Copo!”
->  O que espero de meus médicos: Idéias para uma "Declaração de Direitos do Paciente Terminal
->  A Palavra que liberta
->  O Poder das Palavras, no Princípio era o Verbo
->  A política do aborto: O que se quer é “desumanizar” o embrião
->  Preconceito, Exclusão, Espíritas, Umbandistas e Ciganos
->  Queria ter um filho assim!
->  Razões da Dor - Os Espíritas e o STF diante dos Fetos Anencéfalos
->  Recebendo a visita de um morto, a cujo funeral compareceu
->  Sexo - Artigo de Compra e Venda
->  Somatização das Doenças
->  O Sonho de Nieta e o Pesadelo de Teresa
->  Suicídio e aborto de anencéfalos
->  Talento extraordinário
->  Tendências Reveladoras
->  Tons de Cinza
->  Umbanda e Candomblé: Torres Gêmeas Afro-brasileiras
->  Um "centro de referência" na UERJ: prevenindo demandas judiciais - Responsabilidade civil x erros de diagnóstico bacteriológico
->  Universidade e Suicídio - Discutindo Arquitetura e Prevenção
->  Vacinação desafio de urgência
->  Vida, Esperança e Fé, para Não Espíritas
->  A Visão Espírita dos sonhos
->  O Zigoto no banco dos réus: Visão espírita das pesquisas que usam células-tronco

Formiga, Luiz Carlos D. & Formiga, André Luiz B.
->  Direito à Saúde: a Constituição brasileira assegura o direito à saúde
->  Universidade da Alma. Cidade Universitária do Espírito

Formiga, Luiz Carlos D. & Formiga, Lívia B.
->  Há sempre um amanhã

Formiga, Luiz Carlos D. & Formiga, Sonia B.
->  Jesus, Tomé e Nós

 


topo