Márcio Roberto Arduini

>    Sanatório Espírita de Uberaba - entrevista
 
Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Márcio Roberto Arduini
>    Sanatório Espírita de Uberaba - entrevista



Publicada pela Folha Espírita de São Paulo


No início de agosto tivemos a grata oportunidade de visitar as dependências do Sanatório Espírita de Uberaba(MG), onde fomos gentilmente atendidos por funcionários da área técnica e administrativa. O belo hospital com 6 mil m2 de área construída, está fincado num terreno de 10 mil m2. Foi o diretor Administrativo, Márcio Arduini, quem nos atendeu para responder a algumas perguntas sobre a casa histórica, um hospital psiquiátrico espírita que atende uma região composta por 83 cidades do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e noroeste de Minas, com população que se aproximada de 2 milhões de habitantes.


Folha Espírita - Há quanto tempo existe a instituição?

Márcio Arduini - O Sanatório Espírita de Uberaba foi inaugurado em 31 de dezembro de 1933.

FE - Como surgiu?

Arduini - O sanatório é um departamento do Centro Espírita Uberabense – CEU, fundado em 9 de janeiro de 1911. Por volta de 1917, dona Maria Modesto Cravo, que era de Uberaba, residindo em Belo Horizonte, para onde se mudara após o casamento com Nestor Cravo, teve a mediunidade desabrochada em difícil processo obsessivo. Buscou a ajuda de Eurípedes Barsanulfo, que a atendeu, e ela se equilibrou, começando a trabalhar na casa dirigida pelo grande apóstolo de Sacramento. Mudando-se para Uberaba, ela se engajou no CEU, que fundou, em 1919 o Ponto Bezerra de Menezes, local voltado ao atendimento assistencial de necessitados. Como havia muitos portadores de doenças psiquiátricas, resolveu-se construir o sanatório, que acabou se fundindo com o Ponto.

FE- E o Centro Espírita Uberabense?

Arduini - Continua na sua sede, localizada na Rua Barão de Ituberaba, 449, bairro Estados Unidos, como mantenedor do Sanatório.

FE - Os psiquiatras que atendem no sanatório são Espíritas?

Arduini – Dos 100 funcionários que temos, cerca de 30% são espíritas. O Sanatório Espírita de Uberaba conta com oito médicos, dos quais seis são psiquiatras e dois clínicos. Dos oito, quatro são espíritas, sendo alguns dirigentes de reuniões mediúnicas de doutrinação de espíritos e desobsessão.

FE - Há terapêutica complementar espírita juntamente com o tratamento clássico?

Arduini - No sanatório o tratamento é biopsíquicosocioespiritual, ou seja, envolve tratamento biológico-medicamentoso, psicoterápico individual e grupal, trabalho pela expansão social do usuário e aplicação da terapêutica espiritual.

FE - De que forma se desenvolve o tratamento espiritual?

Arduini - Diversos grupos de casas espíritas da cidade de Uberaba se reúnem com os pacientes durante todos os dias da semana, desenvolvendo atividades que envolvem explanação do Evangelho, aplicação de passes e distribuição de água fluidificada. Também são realizadas reuniões mediúnicas, em que participam diversos funcionários do hospital.

FE - Algum médico participa ou se responsabiliza por essa terapêutica?

Arduini - Como já dissemos, alguns médicos espíritas aplicam a terapêutica médica aliada ao tratamento espiritual. Os médicos não-espíritas respeitam as diretrizes da casa, que é genuinamente espírita, fazem o seu trabalho médico e não se opõe à aplicação da terapêutica complementar espírita quando o tratamento médico exclusivo não traz resultados.

FE - Os órgãos responsáveis pelos hospitais psiquiátricos aceitam a aplicação da terapia espírita?

Arduini - Até hoje não tivemos nenhum problema. O Departamento de Saúde Mental da Secretaria da Saúde de Minas Gerais respeita o direcionamento espírita e sabe que aqui aplicamos a terapia espírita. O que não podemos é, no prontuário do paciente, consignar, dentre as evoluções técnicas, menção ao tratamento espiritual.

FE - O hospital tem alguma dificuldade para se manter?

Arduini - Hoje contamos com 60 leitos femininos e 100 masculinos em seis unidades de internação. Atendemos unicamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), cujo repasse não cobre as despesas. O sanatório é deficitário e tem lutado muito para manter em dia seus compromissos. Cogitamos construir uma ala para particulares a fim de auferirmos algum rendimento por parte de quem pode pagar, mas não temos recursos para tanto. Outra coisa que precisamos urgentemente providenciar é uma sala adequada para abrigarmos e catalogarmos o acervo do inolvidável médico dr. Inácio Ferreira, que tanto trabalhou nesta casa, e que, presentemente, corre sério risco de deterioração”.

O Sanatório Espírita de Uberaba fica na rua José Clemente Pereira, 250, Uberaba (MG), - CEP 38015-240. Contatos com a entidade pelo

Telefone (34) 3312- 1869 e e-mail sanatório.rh@terra.com.br

Quem quiser ajudar o sanatório com doações pode fazê-lo
Através da Caixa Econômica Federal, agência 1538, c/c 501.171-2

Referência no Triângulo Mineiro, hospital passa por dificuldades
.

PUBLICADO PELA FOLHA ESPÍRITA, SÃO PAULO, 09/2006


topo

 

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O
- P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - Allan Kardec
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual