Espiritualidade e Sociedade





Irineu Alves

>   Chico Xavier e Waldo Vieira nos Estados Unidos e Europa

Artigos, teses e publicações

Compartilhar

Irineu Alves
>   Chico Xavier e Waldo Vieira nos Estados Unidos e Europa

 

Irineu Alves foi companheiro de viagem dos médiuns Waldo Vieira e Chico-Xavier e testemunha ocular de muitas das importantes realizações daqueles tarefeiros espíritas em plagas norte-americanas e européias.

 

 

 

 

Só mesmo de modo rápido ser-nos-á possível relatar o que foi a viagem de Chico e Waldo aos EE.UU. e à Europa. Sendo assunto para um livro, dificilmente poderemos resumir as nossas anotações num trabalho com a limitação do presente. Busquemos, no entanto, relacionar algo que reputamos importante, através de itens diversos, deixando as minudências para outra oportunidade.

O que conseguiram nos Estados Unidos – Visitaram Chico e Waldo nada menos que nove Estados da Federação, procurando, em todos, entrar em contato com os movimentos espíritas ai existentes, estabelecendo, tanto quanto possível, o intercâmbio desejado. Vários centros espíritas (lá chamados “Templos”) foram motivos de observações por parte dos médiuns, e um dos acampamentos espiritualistas, o de Silver Belle, foi carinhosamente visitado por eles. Concluíram que há grande interesse do povo em geral pelas sessões espíritas ai realizadas, recebendo todos os freqüentadores o necessário consolo para a travessia de dificuldades humanas e soluções adequadas para seus problemas de ordem particular, etc. No mencionado acampamento, durante a permanência de Chico e Waldo, ali, lhes foi possível verificar a presença de amigos da referida instituição, procedentes de mais de 20 estados, afluência que foi por ambos registrada, através de filmagens. Conquanto sejam os médiuns de lá submetidos a regras outras, todos eles - médiuns- cumprem com austeridade e distinção as tarefas que lhes cabem, dispensando preciosos serviços a quantos lhes buscam a convivência e a orientação.

O “Ideal Espírita” em Inglês – Depois de esforço laborioso e nobilitante, conforme informamos a diversos confrades, através de cartas, conseguiu Waldo Vieira, ao lado de Chico Xavier, a brilhante conquista da assinatura do contrato com a Philosophical Libraty, de Nova Iorque, para a publicação do “Ideal Espírita”, o livro que tanta simpatia e tantos leitores alcançou em nosso ambiente cultural. Claro que o volume poderia ser divulgado em qualquer Editora, da grande República do Norte, sem qualquer dificuldade, mas os médiuns se preocuparam com o lançamento por instituição editorial das mais sérias, valorizando a obra que foi traduzida e adaptada ao “fla...” americano, sem nada perder em substância doutrinária. Assim, consideramos seja esta uma das maiores conquistas dos nossos companheiros na pátria de Lincoln. Ninguém enfrentaria tantos obstáculos para a consecução do objetivo em mira, dando o máximo em sacrifício pessoal. Voltamos a insistir: não fosse a fibra que demonstraram no devotamento à divulgação do Espiritismo, não se publicaria livro algum nos EE.UU, dentro dos moldes espíritas do Brasil. O livro será vendido por $3.75 dólares, e será distribuído para 150 críticos e diversos países, inclusive para as regiões da África, Austrália, Índia e Grã Bretanha.

Instituições, bibliotecas, etc, visitadas – Num rápido escorço, não conseguimos relacionar todas as instituições visitadas. Dentre outras, porém, Waldo e Chico estiveram: a) Na Biblioteca do Congresso, em Washington; na Biblioteca Pública de Nova Iorque; no local onde viveram as Irmãs Fox, cuja casa, há cerca de 5 anos, foi destruída por um incêndio; em vários locais, tentando situar o túmulo da família Fox; em vários institutos espiritualistas; na Biblioteca da Organização das Nações Unidas, em Nova Iorque, efetuando pesquisas de caráter espírita ligadas à estatística e divulgação, etc, etc.

Companheiros com os quais estabeleceram contato mais direto – Além dos brasileiros lá radicados – Sr. Salim Haddad, Newton Harrison; Srta. Maria Aparecida Gonçalves (que no AE-64 escreveu sobre Chesterfield Spiritualist Camp) e outros, - estiveram com numerosos amigos norte-americanos, destacando os contatos valiosos que desenvolveram com elementos de alto valor cultural do movimento espirita estadunidense, como sejam Mrs. Hazel Morris, tradutora de “Paulo e Estevão”, poliglota e distinta educadora residente em Sherevenport, Estado da Sousiana; Mr. Victor Butler e Sr. Luis Guerreiro Ovalle, da colônia de latino-americanos.

Livros e documentos que conseguiram para a Exposição Espírita permanente – Dentre os diversos livros dos precursores de Allan Kardec ou de interesse Histórico para o Espiritismo adquiridos para a Exposição Espírita Permanente pelos médiuns Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira, em sua recente viagem aos EE.UU. e à Europa, destacamos os seguintes para o conhecimento dos leitores:

1. A Dictonary of all Religions, Ancient and Modern- London – James Knapton, 1704.
2. Considerations respecting the recognition of friends in another world – John Redman Coxe, M.D. – Philadelphia, 1845.
3. The Philosophy of Mystery – Walter Cooper Dendy, New York, 1845.
4. Défense Théologique du Magnétisme Humain ou Le Magnétisme – M. L’Abbé J.B. –Paris 1846.
5. The Philosphy of Magic, Prodigies, and Apparent Miracles, Eusebe Salverte, New York, 1847 – 2 volumes.
6. Theory of Pneumatology – Presentiments, Visions and Apparitions Doctr. Johann Heinrich Jung-Stilling – Translatede by Samuel Jackson, New Iork, 1851.
7. Supernatural Illusions – Major P. I. Begbie, London, 1851 – 2 volumes.
8. Spirit Manifestations, A.B., Edited by G.W. Stone, London, 1852.
9. The Spiritual Medium, Traverse Oldfield, Boston, 1852.
10. The Unseen World, Edited by Joseph Masters, London, 1853. E.C. Rogers, Boston, 1853.
12. The Present Ag and the Inner Life – Spiritual Intercouse – Modern Mysterries Classified and Explained – Andrew Jackson Davis, New York, 1853.
13. A. Discussion of the Facts and Philosophy of Ancient and Modern Spiritualism – Brittan and Richmond, New York, 1853.
14. Spirit Manifestations Examined and Explaned – Judge Edmondes Refuted – John Bovee Dods, New York, 1854.
15. The World’s Book or Key to Spiritual Life, Thoughts and Suggestions on Spiritual Manifestations – An American Lady, Cleveland, 1855.
16. Modern Mysteries Explained and Exposed – Rev. A. Mahan, Boston, 1855.
17. Spirit-Rapping Unveiled! – Spirit World – Medium Writing – Physical Demonstrations – H. Mattison, New York, 1855.
18. The Occult Sciences – Smedley, Taylor and Thompson – Glasgow, 1855.
19. On the phenomena of Modern Spiritualism – William B. Hayden, Boston, 1855.
20. A Three-fold Test of Modern Spiritualism – William R.Gordon, New York, 1856 – 2 exemplares
21. Doctrina del Magnetismo Humano y del Sonambulismo, M.A. de La-Roche-Lambert, Barcelona, 1857.
22. Light in the Valley- My experiences of Spiritualism, Mrs. Newton Crosland, London, 1857.
23. A treatise on Turning Tables – Count Agénor de Gasparin, translated by E.W. Robert, New York, 1857.

 

Além dos livros acima citados, foram adquiridos para a Exposição Espírita Permanente, num total de mais de 400 volumes, obras de Allan Kardec publicadas em 5 paises diferentes; várias obras de Andrew Jackson Davis, das quais alientamos “The Principles of Nature, Her Divine Revelations”, reimpressão de 1847; “Experimental Investigation of the Spirit Manifestations”, de Robert Hare, reimpressão de 1855; primorosa coleção da revista “Borderlan”, de Stead, referente a 1897; algumas dezenas de volumes de reconhecidas autoridades no campo da investigação espírita, no século passado, além muitos livros recentes e autógrafos e cartas de interesse doutrinário.

Outras observações – Deveríamos em primeiro lugar, referirmo-nos à fundação da Comunhão Espírita Cristã dos EE.UU. (o “Christian Spirit Center”), sem dúvida uma das realizações mais sérias, de vez que ai o Kardecismo puro será estudado e divulgado para a grande Nação.

Outro fato importangte foi o recebimento de mensagens em Inglês, já do conhecimento dos leitores brasileiros. Com efeito, por diversas vezes, os médiuns Chico Xavier e Waldo Vieira, em reuniões efetuadas em Washington e Nova Iorque, psicografaram mensagens admiráveis, especialmente escritas por Espíritos de amigos norte-americanos desencarnados, destacando-se os comunicantes Ernest Obrien e Anderson que, por esses nomes se deram a conhecer. Foi esta, com efeito, uma das grandes realizações de ambos os médiuns nos EE.UU.

 

 

OS MÉDIUNS NA EUROPA

Em Londres, onde encontraram um Espiritismo em muitos pontos semelhante ao brasileiro, Waldo e Chico visitaram a redação de Psychic News e de “Two Worlds”, onde surpreenderam fichários e documentários completos sobre realizações espíritas de nossa Pátria. Estabeleceram contato com diversos espíritas e escritores ingleses, dentre outros: o famoso médium e escritor Maurice Barnabell e sua digna esposa, Mrs. Sylvia Barbanell, e Mr. Charles K. Shaw, da Associação Espírita da Grã Bretanha.

Na França, começaram por visitar, em Paris, a Maison dês Spirites, onde se edita a “Revue Spirite”; a célebre casa fundada por Léon Denis, o cemitério de Pére Lachaise, onde identificaram o túmulo de Allan Kardec, sempre recoberto de flores e incessantemente visitado por espíritas do mundo inteiro, túmulo esse que se localiza não longe do de outro batalhador da verdade, Gabriel Delanne. Em Carcassone, cenário do romance Cristo Espera por Ti, do Espírito de Honoré de Balzac, psicografado por Waldo Vieira, examinaram locais inteiramente de acordo com as descrições do grande romancista francês desencarnado, locais esses que foram filmados e documentados para a Exposição Espírita Permanente. Com efeito, é impressionante a semelhança de tudo aquilo que o Espírito escreveu, meses antes da visita dos médiuns à velha cidade do norte da França. Devemos consignar que tanto em Paris quanto em outras regiões francesas, os dois amigos e nós encontramos médiuns e espíritas bem intencionados.

Na Itália, visitaram a redação da revista “Luce e Ombra”, dentre outras organizações.

Em Portugal, estabeleceram relações estreitas com o Comandante Isiro Duarte Santos, confrade largamente conhecido e admirado no Brasil, visitando a redação de “Estudos Psíquicos”, e inteirando-se de como devemos valorizar, no Brasil, o clima de liberdade no que se prende à manifestação ostensiva do ponto de vista religioso.

Na Espanha, já o disse muito bem Waldo Vieira ao Prof. J. Herculano Pires, o “Espiritismo é subterrâneo”. Mesmo assim, sob o guante do medo, há espíritas lutando pela divulgação da verdade. Debalde os médiuns procuram localizar onde foi inumada a médium Amália Domingo Soler. Nem mesmo os ossos dos médiuns repousam em paz, em certas partes do mundo. Isto, a nosso ver, deve servir de estímulo a todos nós que defendemos, abertamente, a causa da Terceira Revelação.

De Portugal, vieram diretamente para São Paulo, onde permaneceram por três dias, tendo sido entrevistados por alguns jornais da Capital. Em seguida, retornaram a Uberaba, onde os companheiros da Comunhão Espírita Cristã, principalmente, os esperavam com imensa saudade. Tão logo de volta aos pagos, Chico e Waldo se entregaram, com a habitual resistência que lhes caracteriza a tarefa, ao trabalho do livro espírita, partilhando com todos os confrades as horas agradáveis das sessões públicas e particulares daquela organização.

O júblio maior que Waldo e Chico sentiram ao retornar a Uberaba, depois de abraçar os companheiros de luta, foi a certeza de estar contemplando as colunas de cimento armado da sede própria da EXPOSIÇÃO ESPIRITA PERMANENTE que se ergue em ritmo acelerado.

Eis, caro leitor, para terminar, uma súmula do que os médiuns realizaram na memorável viagem:

Cerca de 4 meses de viagem; visitaram: 6 países, 9 estados americanos; dezenas de instituições doutrinárias; adquiriram: 410 livros em 5 idiomas diversos; 760 cartões postais; 190 “lides”; 50 mapas e guias; assinaram diversos jornais e revistas para intercambio com Uberaba; tiraram: 38 filmes cinematográficos de 8 mm; 620 fotos incluindo preto-branco, coloridas e “slides”; fizeram inúmeras gravações da palavra de companheiros para os confrades brasileiros; receberam algumas dezenas de mensagens em inglês; trouxeram diversos aparelhos para o setor de divulgação da E.E.P.; deixaram assinado o contrato com a Philosophical Labrary, de New York, para a publicação antes do Natal do “Spirit Ideal” – preço de capa $3.70; foi fundado o “Christian Spirit Center”, instituição correspondente à Comunhão Espírita Cristã, com amigos de vários Estados; teve inicio o serviço de divulgação de mensagens para todos os países de línguas inglesa e árabe; Chico e Waldo aguardam a chegada de uma grande amiga, Profa. Mrs. Hazel Morris, da Lousiania, em janeiro próximo, que vem para uma temporada de 3 a 6 meses com eles, em Uberaba, com o objetivo de intercâmbio doutrinário, estudos do movimento nos Estados Unidos e também ministrar-lhes aulas de Inglês para melhorar-lhes os conhecimentos do idioma, da vida e da psicologia americanas.

 

 

ANUÁRIO ESPIRITA 2016
LIVRARIA IDE – (ARARAS-SP)

http://idelivraria.com.br/?modulo=Produtos&item=ProdutosView&id=405#.V3OlEPkrLIU

 

Fonte: http://www.noticiasespiritas.com.br/2016/JUNHO/30-06-2016.htm

 



topo

 

Acessem os Artigos, teses e publicações: ordem pelo sobrenome dos autores :
- A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O
- P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z - Allan Kardec
* lembrete - obras psicografadas entram pelo nome do autor espiritual